PUBLICIDADE
Esportes

Corinthians inaugura monumento por centenário do primeiro estádio

Monumento fica no Clube Tietê, as margens do Rio, na Avenida Tiradentes

19:00 | 17/03/2018

O Corinthians inaugurou neste sábado um monumento para representar a primeira vez que o clube na Ponte Grande, o primeiro estádio da equipe, que completa um século nesta data. A celebração, realizada no local que abrigava a arena, hoje ocupado pelo Clube Tietê, contou com as presenças do presidente alvinegro, Andrés Sanchez, da vice-presidente, Edna Murad, e dos familiares dos jogadores Amílcar Barbuy e Neco, que fizeram parte deste fato centenário.

?Queria agradecer a presença de todos os corintianos. Quero agradecer também a presença da família do Neco e do Amílcar e de todos nós por este resgate à cultura e à história do Corinthians, que é o mais importante. Parabéns para todos nós?, discursou Andrés Sanchez, antes de revelar o monumento que era coberto com uma bandeira do clube.

Murad também engrandeceu o momento histórico. Para ela, o Corinthians não perdeu a sua essência no decorrer do tempo e continua com a tradição de ser o time do povo. ?A história é super importante em tudo. Não só no clube, mas no país porque quem não conhece a sua própria história corre o risco de repetir alguns erros do passado?, declarou.

O estádio da Ponte Grande foi inaugurado no dia 17 de março de 1918, em amistoso com a equipe do Palestra Itália, exatos 100 anos atrás. Casa alvinegra até 1927, o estádio presenciou conquistas como o título estadual do Centenário da Independência do Brasil, em 1922, e a conquista do primeiro tricampeonato paulista da história do clube (1922, 1923 e 1924).

Dentro da Ponte Grande, o Alvinegro disputou 102 jogos. Foram 80 vitórias para o Corinthians, 11 empates e 11 derrotas. Além disso, o time marcou 386 gols na primeira casa da sua história.

Gazeta Esportiva

TAGS