Integrado, Henrique deve demorar 15 dias para estrear pelo CorinthiansSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Integrado, Henrique deve demorar 15 dias para estrear pelo Corinthians

O zagueiro Henrique foi apresentado pelo Corinthians na tarde da última segunda-feira, encerrando um imbróglio de quase um mês desde que acertou verbalmente com o clube, mas deve demorar mais duas semanas até vestir a camisa corintiana. Ainda em início de trabalhos com bola e recondicionamento, com participação assegurada no jogo-treino desta terça, contra o [?]

06:30 | 30/01/2018

O zagueiro Henrique foi apresentado pelo Corinthians na tarde da última segunda-feira, encerrando um imbróglio de quase um mês desde que acertou verbalmente com o clube, mas deve demorar mais duas semanas até vestir a camisa corintiana. Ainda em início de trabalhos com bola e recondicionamento, com participação assegurada no jogo-treino desta terça, contra o Nacional, praticamente uma pré-temporada tardia, ele é esperado nas partidas oficiais apenas na metade de fevereiro.

?Tive três treinos com bola, estou um pouco cru ainda, trabalhando para, o quanto antes, estar à disposição do professor. Comecei um pouco mais tarde do que a maioria dos jogadores, vou tentar melhorar a parte física para ficar à disposição?, comentou o defensor, que treinou nos últimos 10 dias apenas na academia do CT Joaquim Grava, indo a campo apenas quando a imprensa não estava no local.

Apesar de ter se apresentado em razoável condição física e já estar há algum tempo mantendo uma rotina de treinos, Henrique provavelmente só estará à disposição no jogo contra o São Bento, no dia 14 de fevereiro, no retorno ao estádio de Itaquera. Fora dos jogos contra Novorizontino, no dia 4, e Santo André, no dia 9, a avaliação é que ele ganhará tempo na preparação. Até lá, Pedro Henrique deve seguir como companheiro de Balbuena no setor.

?Todos os jogadores aqui têm condição de jogar, ser titular, todo mundo se prepara, se dedica. Essa briga por posição acaba sempre trazendo os títulos. Vamos respeitando sempre o companheiro, treinar o máximo possível para estar o quanto antes prontos?, disse o atleta, contratado, principalmente, visando à disputa da Copa Libertadores da América, por ter experiência internacional e passagem pela Seleção Brasileira.

O torneio sul-americano, por sinal, é ponto fundamental nesse planejamento. retornando no meio do ano, Henrique teria condições de se preparar melhor antes da estreia na competição continental, marcada para o dia 28 de fevereiro, contra o Millonarios-COL, em Bogotá.

?Libertadores é um dos campeonatos mais importantes do mundo, para a gente é uma expectativa muito grande de poder ajudar. Sabemos da dificuldade que é, equipes que entram em campo às vezes não pensando só em futebol. O que eu puder fazer para ajudar, farei?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS