PUBLICIDADE
Esportes

Cássio nega descanso e diz que quer jogar o máximo de jogos possível

O goleiro Cássio já conseguiu sua redenção no Corinthians, conquistando Campeonato Paulista e Brasileiro no ano passado, consolidou-se como ídolo e até renovou seu contrato até o final de 2021, mas segue ?fominha? na hora de atuar. Confirmado como titular diante da Ferroviária, duelo em que Carille dará descanso a cinco titulares, ele disse que [?]

17:45 | 23/01/2018

O goleiro Cássio já conseguiu sua redenção no Corinthians, conquistando Campeonato Paulista e Brasileiro no ano passado, consolidou-se como ídolo e até renovou seu contrato até o final de 2021, mas segue ?fominha? na hora de atuar. Confirmado como titular diante da Ferroviária, duelo em que Carille dará descanso a cinco titulares, ele disse que quer atuar o máximo de vezes possível no ano.

?Vou tentar jogar todas as partidas, consegui ser o jogador que mais jogou no Corinthians. Não tive problema de lesão, vou fazer o que tem de ser feito, musculação, trabalho com o Mauri (Lima, preparador de goleiros). Quero sempre estar apto?, afirmou o atleta, em entrevista concedida no CT Joaquim Grava, minutos após a definição da equipe titular. Para ele, jogar é uma forma de retomar o nível alcançado na temporada passada.

?Acho que o que mais me motiva é o fato de tentar fazer um ano melhor, trabalhar por um ano melhor. Consegui vir melhor fisicamente do que no ano passado, que já tinha vindo bem?, avaliou o arqueiro corintiano, que foi pai pela segunda vez na última semana com o nascimento de Maria Luiza, fruto do seu casamento com Janara Sackl. Nada disso, porém, tirou o sono do camisa 12.

Logo depois do jogo o professor estava colhendo o sangue pelo fato de ter um cansaço. Vamos precisar de todo mundo nesse ano, pré-temporada muito curta. Mesmo não jogando esses jogadores vão treinar para pegar um bom ritmo. Nossa tendência é evoluir para chegar num patamar bom?, continuou Cássio, dono de 323 partidas com a camisa do Timão, atrás apenas do meia Danilo, presente em 338 oportunidades pelo Alvinegro.

Nem mesmo esse histórico, porém, faz com que Cássio relaxe na condição de titular do Timão. Contratado em 2012 e já acostumado com a pressão que ronda o clube do Parque São Jorge, ele disse que o que foi feito em 2017 só pode ser utilizado na atual temporada dentro de campo, como o entrosamento e os esquemas táticos. As glórias, para ele, já ficaram para trás.

?Em se tratando de Corinthians, você pode ganhar tudo num ano, no outro a cobrança vai ser a mesma. Não dá para viver de títulos e vitórias do ano anterior. Lógico que a gente pode aproveitar o que fez ano passado, mas dentro de campo. Desconfiança passa longe daqui, temos uma base de grupo, os novos jogadores também estão chegando, a tendência é que, jogo a jogo, a gente vá crescendo, evoluindo?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS