PUBLICIDADE
Esportes

Roberto de Andrade esfria conversa por Scarpa: ?Não estou animado?

O meia Gustavo Scarpa parece ser o objeto de desejo dos clubes paulistas para a próxima temporada, mas, nesta quarta-feira, o Corinthians se mostrou distante de fechar um negócio com o armador. Presente a Luque, no Paraguai, para o sorteio da fase de grupos da Libertadores da América, o presidente do clube, Roberto de Andrade, [?]

10:45 | 20/12/2017

O meia Gustavo Scarpa parece ser o objeto de desejo dos clubes paulistas para a próxima temporada, mas, nesta quarta-feira, o Corinthians se mostrou distante de fechar um negócio com o armador. Presente a Luque, no Paraguai, para o sorteio da fase de grupos da Libertadores da América, o presidente do clube, Roberto de Andrade, esfriou a possibilidade de o Alvinegro se reforçar com o atleta do Fluminense.

?É um grande jogador, não vamos esconder isso. Mas acho uma negociação um pouco difícil, não é fácil. Tem que envolver outros jogadores e, quando envolve outros jogadores, você precisa da concordância deles. Eu, particularmente, não estou muito animado com essa negociação. Não sei se ela vai avançar?, disse ele, em entrevista ao Fox Sports.

?Não tem nenhuma surpresa (chegando ao Corinthians), o mercado não deixa a gente fazer surpresa. Aqueles grandes jogadores do futebol europeu têm valores muito grandes para voltar. Mas tem grandes jogadores no Brasil, estamos trabalhando, fazendo contatos, para que o ano de 2018 seja tão bom quanto foi 2017?, continuou o mandatário, que deixa o cargo no dia 3 de fevereiro do ano que vem.

Outro nome relacionado ao Alvinegro, o lateral esquerdo Juninho Capixaba, do Bahia, parece mais perto de um final feliz. Assim como Scarpa, Roberto deixou claro que precisa da complacência de alguns atletas para atingir seu objetivo, mas mostrou mais otimismo.

?Não vou nem usar esse termo moeda de troca, deprecia muito o jogador que está indo, se o jogador tem algum clube que queira, é porque tem o seu valor. Às vezes nosso elenco é extenso e acaba uma briga um pouco maior. Alguns jogadores interessam ao Bahia, vamos ver o que fazer?, continuou, confiante em entregar o cargo com um elenco forte para Fábio Carille.

?Estamos vendo outras posições, carências que o elenco tem, acho que até o meio de janeiro a gente já tenha concluído as negociações. O resto estamos iniciando conversas?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS