PUBLICIDADE
Esportes

Presidente promete Corinthians com titulares até o fim do Brasileiro

O heptacampeão Corinthians já não tem pelo que brigar no Campeonato Brasileiro e o técnico Fábio Carille até brincou sobre a possibilidade de dar ?rachão? aos seus jogadores nas duas semanas restantes da temporada, mas a diretoria não quer o elenco sem foco neste final de ano. De acordo com o presidente Roberto de Andrade, [?]

16:00 | 17/11/2017

O heptacampeão Corinthians já não tem pelo que brigar no Campeonato Brasileiro e o técnico Fábio Carille até brincou sobre a possibilidade de dar ?rachão? aos seus jogadores nas duas semanas restantes da temporada, mas a diretoria não quer o elenco sem foco neste final de ano. De acordo com o presidente Roberto de Andrade, uma reunião definiu a utilização de todos os atletas nos três jogos derradeiros do torneio.

?Nós iremos com o time principal, pode ser que tenha alguma mudança pontual. Nossas férias serão entre os dias 3 de dezembro e 3 de janeiro. Temos de respeitar o campeonato. Teremos mais três jogos contra times que brigam por Libertadores ou rebaixamento, não podemos colocar um time alternativo que possa influenciar nessa disputa?, disse o mandatário, em entrevista ao Sportv.

Além da partida contra o Flamengo, neste domingo, às 17h (de Brasília), na Ilha do Governador, os comandados de Fábio Carille precisarão encarar o Atlético-MG, no dia 26, em Itaquera, jogo em que receberão o troféu de campeão, e o Sport, no dia 3 de dezembro, na Ilha do Retiro.

De olho também no planejamento do ano que vem, Roberto reconheceu que é mais complicado pensar no que fazer em 2018. Com eleições presidenciais marcadas para fevereiro no Parque São Jorge, ele não sabe quem estará a cargo do Timão até 2021.

?Sentar com todos os candidatos não daria, alguém teria opinião contrária e travaria. Mas eu jamais vou fazer algo que não caiba no bolso do Corinthians. Trataremos isso com a maior responsabilidade possível?, assegurou o dirigente, bem humorado para tratar dos nomes pretendidos.

?Temos alguns nomes. Neymar eu acho um pouco difícil, tem contrato (risos). Acabando o campeonato a gente vai começar a ativar esses contatos, acredito que, com quatro ou cinco nomes, seguiremos fortes para o ano que vem?, concluiu.

 

Gazeta Esportiva

TAGS