">
PUBLICIDADE
Esportes

Suspenso na próxima rodada, Fagner cobra regularidade do Corinthians

O lateral direito Fagner está preocupado com a inconsistência do Corinthians nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. Impossibilitado de enfrentar o Coritiba na quarta-feira de 11 de outubro, em Itaquera, já que cumprirá suspensão automática, ele espera assistir a uma atuação mais equilibrada dos seus companheiros. ?Devemos ser regulares dentro do jogo, sem oscilar tanto [?]

08:30 | 04/10/2017

O lateral direito Fagner está preocupado com a inconsistência do Corinthians nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. Impossibilitado de enfrentar o Coritiba na quarta-feira de 11 de outubro, em Itaquera, já que cumprirá suspensão automática, ele espera assistir a uma atuação mais equilibrada dos seus companheiros.

?Devemos ser regulares dentro do jogo, sem oscilar tanto entre um tempo e outro. Estamos fazendo 15 minutos iniciais ruins. Aí, sofremos o gol e temos que correr atrás. Precisamos parar de ser punidos por começar mal as partidas e conseguir jogar mais de 95 minutos de uma forma regular?, cobrou Fagner.

De fato, nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, contra São Paulo e Cruzeiro, o Corinthians sofreu um gol na primeira etapa e buscou o empate por 1 a 1 na segunda. A irregularidade já foi assunto de conversas entre o técnico Fábio Carille e os seus comandados.

O Corinthians tem bastante tempo para corrigir o problema até a próxima rodada. De folga neste início de semana, o líder está com reapresentação marcada apenas para quarta-feira, no CT Joaquim Grava, a uma semana do duelo com o Coritiba. O Brasileiro foi paralisado para a disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo.

?Mas as correções e a melhora têm que existir constantemente. Agora, cada atleta tem o seu momento de pausa, com a família, para refletir bem no que deve fazer, no que pode contribuir. Quando voltarmos, será preciso colocar em prática?, disse Fagner.

A queda de rendimento do Corinthians aumentou as chances do Santos na briga pelo título brasileiro. A distância entre os rivais agora é de oito pontos (55 a 47). ?Ainda temos uma vantagem, mas não devemos nos ater a ela. Também não procuro pensar no que o Santos vem fazendo. Temos que ver o que cada um pode melhorar aqui. Uma equipe que quer ser campeã precisa saber reconhecer o que deixou de fazer e voltar a jogar bem?, discursou o lateral direito titular corintiano.

Do lado de fora, provavelmente substituído pelo jovem Léo Príncipe, Fagner torcerá para que as suas palavras tenham efeito dentro de campo. ?Não digo nem para a gente ter uma sequência de vitórias. Mas, mesmo ganhando um jogo e empatando outro, que sejam atuações mais regulares do que as duas últimas. É isso o que a gente espera?, concluiu.

Além de Fagner, o Corinthians não terá o atacante Romero, também suspenso, e o volante Gabriel, punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), contra o Coritiba. O zagueiro Balbuena estará à disposição do Paraguai contra a Venezuela um dia antes, pelas Eliminatórias, e poderá ser outro desfalque. Assim como o centroavante Jô, que depende de sua recuperação de uma contratura muscular na panturrilha esquerda para atuar.

Gazeta Esportiva

TAGS