PUBLICIDADE
Esportes

Gabriel celebra volta da ?faísca? e pede força da torcida pelo título

O volante Gabriel mostrou confiança na capacidade da equipe em ser campeã

18:15 | 19/10/2017

O volante Gabriel voltou ao time do Corinthians no empate contra o Grêmio, na última quarta-feira, e deixou o gramado contente pela sua atuação no 0 a 0 contra o vice-líder do Campeonato Brasileiro. Confiante na capacidade da equipe em segurar a vantagem na liderança da competição, ele disse que viu o time mais ligado frente aos gaúchos e espera que a torcida empurre o elenco nesta reta final do Nacional.

?Gostei, me senti muito bem na partida, confiante com a ajuda dos companheiros, da comissão, me deram total apoio para que eu voltasse com confiança?, disse o jogador, elogioso à entrega demonstrada pelos corintianos após a fraca apresentação na derrota por 2 a 0 para o Bahia, no fim de semana.

?Procurei ajudar. Você vê que fez uma partida também muito concentrada nesse aspecto. Fico feliz pela atuação, agora temos nove jogos e vamos procurar sempre ajudar. Essa faísca, essa raça, essa entrega, ela ganha jogo. Ontem (quarta) não veio, mas, se continuar, elas vão vir e nos ajudar a encurtar o campeonato?, avaliou o meio-campista.

Mesmo com bastante cautela para não dar a entender soberba na busca pelo sétimo título de campeão brasileiro da história do clube, Gabriel admitiu que a possibilidade de levantar a segunda taça da temporada fica cada vez mais real, mesmo em um segundo turno com apenas 40% de aproveitamento dos pontos disputados.

?Cada dia que passa fica mais perto, sim, vai chegar um momento que vai acabar o campeonato. O título fica mais perto. Somos o líder desde a quarta rodada. É gostoso, é prazeroso ter essa meta de ficar líder até o final. Estamos fazendo de maneira muito bem feita e cirúrgica?, observou, preocupado em tirar a responsabilidade do Timão.

?À medida em que vai passando os dias, fica mais perto. Mas não pode transformar em uma ansiedade que nos atrapalhe. O torcedor vive isso conosco e acho que, juntos, vamos dar esse sprint final para definir o campeonato?, comentou, utilizando uma palavra em inglês comum no atletismo, quando um atleta arranca nos metros finais de uma prova de corrida.

?Temos que voltar a vencer, claro, até para aumentar a vantagem do segundo colocado e diminuir um jogo. Vão faltar oito depois de segunda, seria maravilhoso para a gente. Respeitando o Botafogo, sabemos que fez um ano surpreendente, é uma grande equipe, nós temos a nossa proposta de jogo que é de ir para lá e vencer. Jogando com inteligência, sem se expor desnecessariamente, mas sempre buscando a vitória. Temos sim que voltar a vencer. Voltar a jogar bem é importante, mas o mais importante é vencer?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS