Participamos do

Ferroviário vence São José-RS e conquista 3ª vitória seguida pela Série C

Times se enfrentaram pela 5ª rodada da Série C do Brasileirão, no estádio Elzir Cabral, em Fortaleza. Os gols da partida foram marcados por Waguininho e Edson Cariús no começo do segundo tempo
17:04 | Mai. 07, 2022
Autor Wanderson Trindade
Foto do autor
Wanderson Trindade Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ferroviário conquistou sua terceira vitória seguida na Série C do Campeonato Brasileiro. Sob o forte sol da tarde deste sábado, 7, o Ferrão superou o São José-RS por 2 a 0, no estádio Elzir Cabral, em Fortaleza. Os gols da partida foram marcados por Waguininho e Edson Cariús, no começo do segundo tempo.

Com a vitória, o Tubarão da Barra chegou aos 9 pontos na competição, subindo parcialmente para a terceira colocação e se firmando na zona de classificação para a fase mata-mata do torneio.

Apesar do placar, o jogo começou truncado e sem qualquer ameaça de gol. Aos 8 minutos, porém, o atacante Sillas, do São José, protagonizou o primeiro bom lance da partida. Em jogada individual, ele tabelou com Crystopher, passou por dois e chutou da intermediária no canto direito do goleiro Jonathan. O defensor precisou se esticar todo para realizar a defesa, em dois tempos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Além do solzão de 30ºC, os jogadores sofreram com o estado do gramado, o que gerou muitos erros de passes de ambas as partes. Em um deles quem se deu mal foi o zagueiro do time visitante Bruno Jesus. Aos 12 minutos, após troca de passes errada, o jogador foi obrigado a chegar junto do camisa 7 Dudu, que ficou caído no gramado. A falta foi dura e rendeu cartão amarelo.

Ferroviário supera o São José-SC por 2 a 0 pela 5ª rodada da Série C
Ferroviário supera o São José-SC por 2 a 0 pela 5ª rodada da Série C (Foto: Lenilson Santos / Ferroviário)

Aos 28 minutos, o árbitro Alisson Sidnei Furtado pausou o jogo para que os jogadores fizessem reidratação. Na volta, o Tubarão tentou puxar mais as ações ofensivas da partida, principalmente pelo lado esquerdo, com bolas esticadas para Dudu, mas a forte defesa dos gaúchos impediu qualquer pretensão dos cearenses.

Mas o gol do Ferrão parecia estar amadurecendo. Aos 36 minutos, os donos da casa avançaram em jogada rápida pela direita com Waguininho. O camisa 23 cruzou para o meio da área, a zaga cortou errado e a bola sobrou limpa para Maicon Assis, na marca do pênalti. O meia, porém, finalizou em cima dos adversários. A bola ainda voltou para Waguininho, que chutou de primeira por cima do gol.

As poucas boas jogadas do primeiro tempo acabaram por aí e as equipes saíram para o intervalo aos 50 minutos. No retorno para a etapa complementar, o amarelado Bruno Jesus foi substituído por Matheus Cazzetta. Enquanto isso, pelo lado do Ferroviário, o técnico Roberto Fonseca optou por manter a mesma equipe que iniciou o confronto.

O jogo foi retomado de maneira muito diferente daquela que rolou na primeira etapa. Logo aos 4 minutos, o Ferrão fez uma verdadeira blitz no campo adversário. Pelo lado direito, Waguininho tocou para Igor Cariús, que da entrada da área finalizou no canto superior do goleiro Fábio Rampi, que fez linda defesa. A bola ficou com Dudu, que da esquerda cruzou para o meio da área, onde encontrou Waguininho. O camisa 23 do Ferroviário pulou mais alto do que todo mundo e cabeceou para o gol. Lentamente, a bola quicou e morreu no fundo das redes adversárias.

O gol relembrou os bons tempos de um histórico ídolo do Ferroviário, Jardel, que acompanhava toda a partida do camarote do estádio, ao lado do presidente Newton Filho.

 

Vendo seu time sofrer com a pressão do time cearense, o técnico Paulo Henrique Marques buscou mudar o destino da partida, ao trocar peças. Ele sacou Lissandro, Sillas e Maradona para as entradas de Gabriel, Johann e Thayllon. As substituições, por outro lado, não mudaram em nada a cara do jogo para a equipe gaúcha, que continuou sofrendo com as investidas do Ferrão.

Prova disso foi que aos 20 minutos, mais uma vez por cima, Edson Cariús aproveitou a falta cobrada por Maicon Assis e, de cabeça, ampliou. Homenageado no início da partida, o atacante comemorou na frente dos torcedores, ajoelhado e apontando para os céus. O gol deu números finais à partida, que levou o Ferrão aos 9 pontos e à 3ª posição da Série C.

Esta é a terceira vitória seguida do time Coral, que superou nas últimas rodadas o Atlético-CE e o Botafogo-PB – ambas as partidas tiveram o placar de 1 a 0. Agora, o Ferrão volta a campo na noite de terça-feira, 17, diante do Confiança, em Sergipe.

Ferroviário 2 x 0 São José

Ferroviário

4-4-2: Jonathan; Yuri, Vitão, Fredson e Emerson; Wagninho (Breno), Emerson Souza, Alemão (Bruninho) e Maicon (Ruy); Dudu (Wandson) e Edson Cariús (Nattan). Técnico: Roberto Fonseca.

São José

4-4-2: Fábio Rampi; Samuel, Bruno Jesus, Jadson e Tiago Pedra; Marcelo (David), Lissandro (Gabriel), Crystopher e Maradona (Thaylon); Cristiano e Sillas (Johann). Técnico: Paulo Henrique.

Local: Elzir Cabral, Fortaleza (CE)
Gols: Wagninho (4’ 2t) e Edson Cariús (19’ 2t)
Cartões amarelos: Yuri
Cartão vermelho: Bruno Jesus
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Cipriano da Silva (TO) e Natal da Silva (TO)

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar