Participamos do

Ferroviário empata por 1 a 1 com o Caucaia e segue sem vencer no Campeonato Cearense

Em confronto válido pela 2ª rodada do certame estadual, Vanderlan abriu o placar para a Raposa Metropolitana e Edson Cariús empatou para o Tubarão da Barra
17:05 | Jan. 11, 2022
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ferroviário empatou com o Caucaia por 1 a 1, na tarde desta terça-feira, 11, no estádio Domingão, em Horizonte (CE), pela 2ª rodada do Campeonato Cearense. A Raposa Metropolitana saiu na frente do placar logo aos 3 minutos do primeiro tempo, com Vanderlan, mas o centroavante Edson Cariús, aos 19, igualou o marcador para o Tubarão da Barra.

Com o resultado, o Coral, quarto colocado com dois pontos, chega ao segundo empate consecutivo no certame estadual. A equipe comandada por Anderson Batatais ainda pode perder posições na tabela ao fim da rodada para o Pacajus (5º), Atlético-CE (7º) ou Icasa (8º). A Raposa permanece como líder, mas também de forma provisória, já que pode ser ultrapassado por Maracanã (2º) ou Crato (3º).

O Ferroviário volta a campo no sábado, 15, para encarar o Atlético-CE, às 15 horas, no estádio Domingão, em Horizonte (CE). O Caucaia também joga no sábado, 15, às 16 horas, contra o Icasa, no estádio João Ronaldo, em Pacajus (CE).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogo

A partida começou movimentada no estádio Domingão. Com um minuto, Roni cobrou escanteio em direção ao zagueiro Vitão, que escorou para Valderrama, na pequena área. O volante, quase de peixinho, cabeceou, mas o goleiro Josué interviu. No lance seguinte, Iury Tanque recebeu bom lançamento e ficou livre de marcação contra o goleiro coral Jonathan. A finalização, porém, foi ruim e a bola passou longe do gol.

O Caucaia voltou a ter uma oportunidade aos três minutos e dessa vez não desperdiçou. Em bonita jogada individual de Vanderlan pela ponta esquerda, o atacante fintou o marcador do Ferroviário e bateu colocado, no ângulo de Jonathan, que nada pôde fazer. Golaço da Raposa Metropolitana para abrir o placar.

Com a desvantagem, a equipe comandada pelo treinador Anderson Batatais adiantou as linhas de marcação e passou a pressionar a saída de bola do Caucaia, anulando as construções ofensivas dos comandados de Roberto Carlos. O Coral, apesar de ter o domínio das ações, pecava na finalização e no último passe.

Se com a bola rolando o Tubarão da Barra tinha dificuldade em concluir as jogadas, foi através da bola parada que a equipe conseguiu o empate. Aos 19 minutos, Mauri cobrou falta na medida para Edson Cariús, que, de cabeça, não desperdiçou, marcando o seu o primeiro gol pelo Ferroviário na temporada.

Com o placar igualado, o jogo caiu tecnicamente e se tornou mais físico, com muita disputa no meio-campo e poucas chances reais de gol. Somente aos 36 minutos o duelo voltou a ganhar emoção. Após uma boa triangulação do Caucaia, Santos ficou de frente para a baliza coral, mas Jonathan fez a defesa e afastou o perigo. O Tubarão da Barra respondeu no lance seguinte com Roni. O lateral-direito chegou com velocidade na linha de fundo e cruzou para Madson, que livre de marcação, cabeceou rente à trave.

Na volta do intervalo, o jogo se manteve equilibrado. As duas equipes buscavam a vitória, mas tinham dificuldade em definir as jogadas com qualidade. Com o intuito de oxigenar o time, os dois treinadores promoveram diversas substituições ao longo da segunda etapa.

Precisando da vitória, o Ferroviário passou a ser mais agressivo em busca do segundo gol. Anderson Batatais, então, mudou a distribuição tática da equipe em campo, tirando o zagueiro Vitão, que formava uma linha de três defensores ao lado de Roni e André Baumer, para a entrada do atacante André Magno, modificando o 3-5-2 para um 4-3-3.

Apesar da postura mais ofensiva do Coral, foi o Caucaia que teve a principal chance da etapa final. Aos 40 minutos, em um rápido contra-ataque, Vitinho recebeu bom lançamento e ficou sozinho contra Jonathan. O arqueiro, bem colocado, conseguiu abafar o chute e salvou o Tubarão da Barra.

No fim, o placar permaneceu em 1 a 1. Bom para o Caucaia, que consegue um ponto atuando fora de casa e permanece como líder da competição. Para o Tubarão, resultado amargo, dois empates em duas rodadas e início abaixo das expectativas para a torcida coral.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags