Participamos do

Ferroviário fica no 0 a 0 com o Santa Cruz e perde chance de voltar ao G4

Tubarão agora é o sexto colocado, mas tem a mesma pontuação dos terceiro e quarto colocados. Foi o quarto empate seguido do Ferrão
20:04 | Ago. 15, 2021
Autor Lucas Barbosa
Foto do autor
Lucas Barbosa Repórter do caderno de Cidades
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ferroviário ficou no 0 a 0 diante do Santa Cruz, na noite deste domingo, 15, e chegou ao seu quarto empate consecutivo na Série C 2021. O resultado não foi suficiente para devolver o Tubarão ao G4 do grupo A: com 18 pontos, o time caiu para a sexta posição, com a mesma pontuação, porém, de Manaus-AM (3º), Tombense-MG (4º) e Volta Redonda-RJ (5º). O líder Botafogo-PB tem 20 e o vice-líder, Paysandu, 19. Santa Cruz x Ferroviário foi realizado no estádio do Arruda, em Recife (PE).

Agora, o Ferrão volta a campo no próximo sábado, 21, em confronto direto com o Tombense. O jogo é disputado no estádio Elzir Cabral, em Fortaleza. O Santa faz o duelo dos times que estão na zona do rebaixamento diante do Jacuipense-BA, na segunda-feira, 23, no Barradão, em Salvador (BA).

O jogo foi intenso, com muito mais transpiração que inspiração. Tanto Santa Cruz, quanto Ferroviário tiveram chances de sair vitoriosos. Faltou precisão na hora da conclusão, porém. Apesar da intensidade, foram muitos os erros dos dois times. A partida já começou corrida, mas sem muitas chances. Os chutes de longe e os cruzamentos eram as principais formas que os times tinham para chegar, mas faltava pontaria. Aos 18 minutos, Wesley Dias arriscou de longe, a bola desviou na zaga e assustou o goleiro Jordan. Dois minutos mais tarde, o Santa responderia, com Lucas Rodrigues, cobrando falta de longe e mandando muito por cima. Foi só aos 44 que o jogo teve uma chance clara. Augusto ficou cara a cara com o goleiro, após ajeitada de Cariús, mas, ao tentar bater de primeira, pegou mal e deixou a bola nas mãos de Jordan.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O Ferroviário voltou para o segundo tempo mais em cima. Logo aos 2 minutos, Cariús teve a chance que não teve em todo o primeiro tempo. Dudu deixou o centroavante na cara do gol, mas Cariús também não conseguiu bater firme na bola, que ficou fácil para Jordan. Dois minutos depois, a bola sobrou na entrada da área para Richardson, que bateu fraco para defesa do goleiro do Santa.

Sem conseguir abrir o placar, o técnico Francisco Diá apostou nas alterações no ataque; entraram Reinaldo, Adilson Bahia e o estreante Dioguinho; mais à frente, Berguinho veio a campo. Sem efeito imediato, porém. O Ferroviário viu o Santa se assanhar mais, mas também a equipe pernambucana pecava na criação. Aos 26, Pipico de calcanhar deixou Jailson em boas condições já dentro da área, mas o jogador desperdiçou.

O jogo entrou na reta final indefinido, com ambas as equipes alternando os ataques. Praticamente, não havia meio-campo. Aos 35, Berguinho bateu da entrada da área e obrigou Jordan a fazer grande defesa. Usando a mesma arma, Franck assustou Rafael ao mandar à direita do gol. Aos 39, o Ferroviário teve grande chance em contra-ataque, quando Berguinho bateu, após aproveitar cruzamento para trás, com muito perigo. Aos 45, Adilson Bahia desperdiçou chance incrível. Dioguinho fez grande jogada, foi à linha de fundo e jogou para trás, mas o atacante pegou muito embaixo da bola. O clima era de tensão no final do jogo, sobretudo, para o Santa Cruz, que se via, com o empate afundando na lanterna da competição. Apesar da vontade, o placar não sairia do zero. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags