Participamos do

Ferroviário vence Santa Cruz, segue invicto na Série C e vira líder do Grupo A

Com gol do zagueiro Vitão, Tubarão da Barra bate Tricolor do Arruda por 1 a 0 no Castelão e assume primeira posição da chave
21:51 | Jun. 14, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Repórter de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A locomotiva coral segue embalada na Série C. Invicto em três jogos, o Ferroviário venceu o Santa Cruz-PE por 1 a 0, na noite desta segunda-feira, 14, na Arena Castelão, pela terceira rodada da Terceira Divisão, e chegou à liderança do Grupo A.

O único gol do duelo coral foi marcado pelo zagueiro Vitão, no primeiro minuto do segundo tempo. Com o resultado, a equipe cearense soma dois triunfos e um empate e entra no G-4 da competição nacional: assume a primeira posição da chave, com sete pontos.

O Tubarão da Barra volta a campo diante da Tombense-MG, na próxima sexta-feira, 18, a partir das 20 horas, no estádio Antônio Guimarães de Almeida, em Tombos/MG, pela quarta rodada da Terceira Divisão.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogo

Para encarar o Tricolor do Arruda, o técnico Francisco Diá repetiu a escalação coral que bateu o Altos-PI por 1 a 0, na última rodada, com Dudu na armação e o trio de ataque formado por Wesley, Adilson Bahia e Gabriel Silva. Já o time pernambucano foi a campo desfalcado por jogadores e também pelo técnico Bolívar, que testou positivo para Covid-19.

Em duelo truncado e bastante disputado, o Ferroviário conseguiu bloquear as investidas dos visitantes, mas teve dificuldades para construir chances de gol. A primeira etapa terminou zerada, com uma boa oportunidade para cada lado.

Aos 15 minutos, o capitão Wesley Dias arrancou com a bola da intermediária, tabelou com Dudu, livrou-se da marcação para ficar cara a cara com Jordan e bateu rasteiro para defesa do camisa 1 pernambucano. O principal lance do Tricolor foi aos 36, quando Weriton avançou pela ponta direita e cruzou na medida para Lucas Batatinha, que testou firme à esquerda de Rafael.

Tentando explorar a velocidade de Wesley e Gabriel Silva pelas pontas e a presença ofensiva de Wesley Dias, o Tubarão teve outras duas chegadas sem grande perigo. Aos 24, Gabriel experimentou chute da intermediária por cima do gol. Dez minutos depois, Wesley recebeu bola na ponta direita da área, girou e bateu fraco, rasteiro, para defesa de Jordan.

Na volta do intervalo, tanto Diá quanto o interino Roberto de Jesus mexeram nas equipes, e o Ferroviário se mostrou disposto a resolver o confronto de cara. Ainda aos 38 segundos, a zaga cearense cortou bola, Everton Dias furou a cabeçada na intermediária, Adilson Bahia arrancou e finalizou firme de perna esquerda, obrigando Jordan a se esticar para espalmar para escanteio.

Na cobrança de Gabriel Silva, o camisa 1 tricolor saiu mal da meta, não conseguiu cortar a bola, e o zagueiro Vitão subiu livre, com o gol aberto, para testar e balançar as redes no Castelão. Sem poder de reação, o Santa Cruz-PE tentou responder aos 13, em cobrança ensaiada de falta, na entrada da área, e Rondinelly chutou forte para fora.

O Ferroviário voltou a assustar aos 20 minutos e quase ampliou a vantagem: Berguinho deu passe em profundidade, Breno Calixto escorregou na área, e a bola ficou com Adilson Bahia, que tentou marcar de calcanhar e parou em Jordan. Os pernambucanos responderam oito minutos mais tarde, em arremate forte de França da entrada da área e boa defesa de Rafael.

Com a vantagem no placar, o time da Barra do Ceará administrou a vantagem e tentou explorar os contra-ataques para marcou outra vez. Aos 32, Thiago Aperibé recebeu lançamento na ponta direita, matou no peito e invadiu a área para arrematar forte para fora. Daí em diante, os donos da casa controlaram a posse de bola e garantiram o segundo triunfo seguido na Série C.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags