PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Copa do Nordeste não é debatida pela CBF e torneio pode acontecer em meio à Série A, acreditam dirigentes

Torneio regional não entra na pauta das reuniões da mentora com os clubes da Série A, mas competição deve ser concluída normalmente

Brenno Rebouças
18:00 | 04/05/2020
Presidentes de Ceará e Fortaleza acreditam que Copa do Nordeste pode ser disputada nas datas dos torneios internacionais
Presidentes de Ceará e Fortaleza acreditam que Copa do Nordeste pode ser disputada nas datas dos torneios internacionais (Foto: Deísa Garcêz/Especial para O Povo)

Mesmo sem data oficial para retomada do futebol, está acertado entre clubes e CBF que primeiro os estaduais serão encerrados e só depois o Campeonato Brasileiro deve iniciar, mas para os times do Nordeste existe outra competição por concluir, que é a Copa do Nordeste.

O torneio regional parou na última rodada da primeira fase e estava prestes a começar sua fase de jogos eliminatórios. Em sua oitava edição desde que recebeu chancela da CBF, o Nordestão virou a menina dos olhos dos clubes da região no primeiro semestre do ano.

Desde a paralisação do futebol brasileiro, no entanto, a competição entrou num estado de incerteza. A Liga do Nordeste chegou a cogitar, entre as equipes, uma ideia de concluir a competição em sede única, mas a proposta foi rejeitada e nas reuniões entre clubes e CBF o torneio não é colocado em pauta.

A revelação foi feita pelos presidentes de Ceará e Fortaleza, em participação na live do projeto Agir, da Fundação Demócrito Rocha, nesta segunda-feira, 4. O motivo da Copa do Nordeste ser deixada de lado nessas reuniões por videoconferências foi explicado.

“As reuniões são entre os clubes da Série A e a CBF, geralmente, e como a competição só interessa a Ceará, Fortaleza, Bahia e Sport, a gente não fala sobre ela lá”, disse Robinson de Castro, do Ceará.

O torneio, no entanto, terá que ser concluído, pois precisa honrar compromissos com patrocinadores e é financeiramente importante para os clubes, mas os dirigentes não acreditam que o Nordestão terá datas específicas, mas aproveite brechas no calendário, que será retomado aos poucos.

“Acredito que a Copa do Nordeste vai ser encaixada dentro do Brasileiro, porque acredito que as competições mais distantes de retornar são as continentais. É outro protocolo, outro risco. Como vai jogar no Equador, que está seríssimo lá (o contágio pelo coronavírus)? E no Paraguai, que está mais controlado, vão querer receber (equipes de) países que estão pior que eles (a situação do coronavírus)? Vão sobrar algumas datas que devem ser usadas para Copa do Brasil e Copa do Nordeste no meio dessas competições, é o que eu imagino”, disse Marcelo Paz, do Fortaleza.

A Copa do Nordeste precisa de mais cinco datas, em tese, para ser concluída. A ideia da CBF, inicialmente, seria encerrar todas as competições (com exceção da Copa do Brasil) antes de iniciar o Campeonato Brasileiro, mas o calendário aperta a cada semana.