PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Em meio à quarentena, Guarany-S comunica aos atletas que os contratos serão rescindidos

Clube promete remontar o elenco quando a temporada do futebol for retomada

Brenno Rebouças
21:25 | 23/03/2020
Técnico Washington Luiz permanece no clube
Técnico Washington Luiz permanece no clube (Foto: MATEUS DANTAS em 16/4/2017)

Na briga por uma das quatro vagas das semifinais do Campeonato Cearense, que está suspenso por tempo indeterminado, o Guarany de Sobral decidiu rescindir contrato com a maior parte dos atletas do atual elenco. Nomes como Ciel e Siloé estão na lista de demitidos. Eles receberam um aviso de rescisão nesta segunda-feira, 23.

A decisão foi tomada após uma reunião de toda a diretoria, que colocou em pauta a incerteza do restante da temporada e a impossibilidade de pagar folhas salariais sem qualquer tipo de receita, já que as competições estão paradas.

“Foi a forma que a gente encontrou de tentar honrar os nossos compromissos com os jogadores. Nós vamos rescindindo os contratos e pagando um por um”, explicou o diretor jurídico Tiago Donato. O dirigente disse que a diretoria do Guarany entende que a temporada de futebol pode demorar pelo menos três meses para ser retomada e não tem certeza sobre a realização da Série D do Brasileiro.

O clube vai assumir o risco de remontar um elenco às pressas para a sequência do Estadual e possível disputa da quarta divisão nacional. Para isso, já conta com uma base de jogadores formados no clube e que tem residência fixa em Sobral. Esses não terão os contratos rescindidos.

Donato diz ainda que existe uma preocupação com o parágrafo único do artigo 6º do regulamento específico da Série A do Campeonato Cearense, que diz que novos atletas só podem ser registrados até 27 de março. O diretor jurídico do Cacique acredita, no entanto, que isso deve ser modificado devido a paralisação.

OUÇA O NOVO EPISÓDIO DO FUTCAST:

Listen to "#91 - Coronavírus: O impacto no Futebol Cearense" on Spreaker.