PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Ferroviário é derrotado pelo Atlético-CE e Anderson Batatais perde sua invencibilidade

Após seis jogos invicto, Batatais conheceu seu primeiro revés comandando o Tubarão

17:55 | 09/02/2020
Atletas do Atlético-CE comemoram um dos gols sobre o Ferroviário
Atletas do Atlético-CE comemoram um dos gols sobre o Ferroviário (Foto: Aurélio Alves/O POVO)

A invencibilidade de Anderson Batatais no comando do Ferroviário acabou. Após seis jogos sem derrota, com apenas um gol sofrido, o Tubarão perdeu por 4 a 2 pelo Atlético-CE, neste domingo, 9, no estádio Presidente Vargas, em partida antecipada da quinta rodada, pela segunda fase do Campeonato Cearense. Por outro lado, a vitória trouxe uma recuperação para a Águia, que havia sido goleada por 5 a 0 pelo Fortaleza na última rodada.

A derrota deixa o Ferroviário momentaneamente na terceira posição do estadual, com quatro pontos em três jogos. Já o Atlético-CE soma três pontos em três jogos e fica na sétima posição, deixando a lanterna para o Caucaia. Os quatro melhores colocados avançam às semifinais.

No primeiro tempo, o Ferroviário propôs o jogo na maior parte do tempo e criou as principais chances de gol. Mas a falta de pontaria evitou que essas chances fossem convertidas em real perigo ao gol do Atlético-CE. Nos dez minutos finais, a Águia deu uma resposta avassaladora, com transições ofensivas velozes. Com isso, aos 44 minutos, Wandson invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro Nicolas. O próprio Wandson cobrou a penalidade e converteu a cobrança. Um minuto depois, aos 47, Wandson conduziu contra-ataque e chutou na saída do goleiro, marcando o segundo gol dele e do Atlético-CE na partida.

A resposta do Ferroviário foi imediata no segundo tempo. Ainda no primeiro minuto, Wellington Rato, da entrada da área, chutou cruzado no canto do goleiro e diminuiu a diferença no placar. Poucos minutos depois, aos nove, Caíque roubou bola do defensor e sofreu pênalti. Wellington Rato cobrou, mas chutou para fora.

O Ferroviário, em busca do empate, foi para o ataque e deixou espaços na defesa. Com isso, aos 20 minutos, em contra-ataque, o Atlético-CE fez o terceiro gol, com Emerson Catarina. Novamente em contra-ataque, aos 28, Clisman foi puxado por Magno Alves fora da área. Apesar disso, o árbitro marcou pênalti. Bolota cobrou e converteu a penalidade e fez o quarto gol.

O Ferroviário chegou a diminuir a diferença no placar aos 42 minutos da etapa final, quando Tito acertou um forte chute no ângulo de Carlão, goleiro do Atlético-CE. Mas o placar não foi mais alterado até o final da partida, apesar da pressão do Tubarão.

O Tubarão da Barra volta a campo na próxima quarta-feira, 12, contra o Barbalha, às 21h30min, pela segunda fase do Campeonato Cearense. Já a Águia só volta a campo na quarta-feira seguinte, 19, contra o Ceará, às 21h30min.