PUBLICIDADE
Esportes
QUEDA DE BRAÇO

Ceará e Fortaleza oferecem contrato de dois anos ao atacante Osvaldo

O jogador ainda não está no Brasil e segue esperando receber a rescisão

17:14 | 11/02/2019
Osvaldo ainda não rescindiu com o clube da Tailândia
Osvaldo ainda não rescindiu com o clube da Tailândia

As diretorias de Ceará e Fortaleza negam, mas ambas fizeram proposta ao atacante Osvaldo, que deve deixar o futebol tailandês em breve. O Esportes O POVO apurou que os dois clubes cearenses ofereceram vínculo de dois anos ao jogador, que já tem 31 anos (completa 32 em abril). Com as propostas em mãos - e também de outros clubes, como o Goiás, por exemplo, muito embora as conversas com o esmeraldino tenham esfriado -, o atleta ainda decide onde jogará na temporada 2019.

Entre as ofertas de Ceará e Fortaleza há uma diferença salarial considerável. O jornalista André Almeida, do Esportes O POVO,  apurou que o Vovô ofereceu R$ 170 mil mensais para Osvaldo. Não se sabe o valor da proposta do Fortaleza, no entanto, com o orçamento já perto do limite, como vem alertando o próprio técnico Rogério Ceni, o Leão trabalha com um teto salarial de R$ 150 mil, de acordo com o que apurou a reportagem.

A diferença parece pequena, mas levando em consideração os vínculo de dois anos e tomando como verdade que o Tricolor tenha oferecido o valor de seu teto, a diferença total dos contratos é de R$ 480 mil.

Se está atrás no quesito financeiro, o Fortaleza aposta em outras vertentes para convencer o atacante a voltar para o Pici. Uma das armas do Leão é o técnico Rogério Ceni, que já teria ligado algumas vezes para o jogador. Pesa também o fato do clube ter aceitado contratá-lo por três meses no ano passado - já ciente do acerto com o Buriram. Osvaldo trata esse episódio como uma questão de gratidão.

O jogador ainda não está no Brasil e segue esperando receber a rescisão.