Junco é o único estádio sem laudos às vésperas do Campeonato Cearense Ceará Sporting Club | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Junco é o único estádio sem laudos às vésperas do Campeonato Cearense

16:13 | 27/12/2018
NULL
NULL
[FOTO1] A pouco mais de uma semana para o início do Campeonato Cearense de 2019, a Federação Cearense de Futebol (FCF) está despreocupada quanto a disponibilidade de estádios aptos para a realização dos jogos. De acordo com a entidade, apenas o estádio do Junco, em Sobral, ainda não tem os quatro laudos liberatórios.

Para a rodada de estreia, no entanto, marcada para os dias 5 e 6 de janeiro, não haverá problemas. Presidente Vargas, Domingão e Romeirão, para onde os jogos estão escalados, têm situação regular. O Guarany de Sobral estreará fora de casa, portanto, terá uma semana a mais para tentar a liberação do Junco e jogar lá já na segunda rodada, dia 12 de janeiro, contra o Barbalha. Este duelo, por enquanto, está marcado para o estádio Juvenal Melo, em Crateús.

"Hoje foi feita a vistoria da Polícia Militar no Junco. Eles prometeram entregar os laudos do estádio para a FCF no dia 2 de janeiro. Se isso realmente acontecer, mudaremos todos os jogos em que o Guarany é mandante para Sobral”, informou o diretor de competições da FCF, Júlio Manso, ao Esportes O POVO.

O Barbalha, que estreia contra o Iguatu, não jogará no Inaldão na primeira rodada devido uma reforma pela qual o gramado do estádio passa. Os laudos da praça esportiva estão aprovados, mas a FCF solicitou melhorias na parte relacionada à futebol. Na terceira rodada, quando volta a ser mandante, a Raposa jogará em Barbalha.

Apesar de que provavelmente só será utilizado na segunda fase do Estadual, o Castelão também tratou de regularizar a situação. O secretário do Esporte do Ceará, Euler Barbosa, confirmou ao Esportes O POVO que recebeu, nesta quinta-feira, 27, o laudos de Engenharia da praça esportiva e o encaminhou, junto com os da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros à Federação. A informação foi confirmada pelo presidente da FCF, Mauro Carmélio, no Twitter.
TAGS