Torcedor que pediu dinheiro no sinal conseguiu ver o Ferrão ser campeão: "melhor dia da minha vida"Ceará Sporting Club | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Torcedor que pediu dinheiro no sinal conseguiu ver o Ferrão ser campeão: "melhor dia da minha vida"

Júlio César conseguiu assistir ao jogo em Campina Grande com a ajuda de outros torcedores. Ele contou ao O POVO sobre a emoção de ver ao vivo a final e o contato com ídolos como Cariús, Janeudo e Jardel

18:02 | 08/08/2018
NULL
NULL

[FOTO1] 

Torcedor fanático pelo Coral, Júlio César, 38, conseguiu assistir, in loco, o Ferrão ser campeão brasileiro em Campina Grande-PB, diante do Treze, no último domingo, 5. O POVO contou a saga dele em busca do sonho de ver o Ferroviário na final. Ele saiu de Marco, interior do Ceará, e foi de moto até Fortaleza, onde pediu dinheiro no sinal para ir até a Paraíba.

%2b ESPECIAL: Ferrão é campeão da Série D após 23 anos sem conquistar um título

Júlio César teve a ajuda de outros torcedores do Ferroviário, que se comoveram com a história do rapaz. O fanático torcedor foi de ônibus até Campina Grande e levou um cartaz de agradecimento por ter conquistado o objetivo. O fotógrafo Garibaldi Soares registrou Júlio no meio da torcida coral, no estádio Amigão-PB, local do jogo.

"Pra mim, foi o melhor dia da minha vida. Não imaginava que com uma atitude simples de ir ao sinal pedir ajuda, eu conseguiria. Muitas pessoas me ajudaram com passagem, entrada para o jogo, café da manhã. A torcida coral é um povo muito amigo, simples", comentou Júlio em entrevista ao O POVO.

Quando o árbitro do jogo apitou o fim da partida, concretizando o título do Ferroviário, Júlio não conteve a emoção nas arquibancadas. "Comecei a chorar. Era o meu sonho ver o Ferrão campeão. Se Deus me levasse hoje para pertinho dele, eu iria partir realizado", afirmou.

Contato com ídolos
Júlio teve a oportunidade de conhecer ídolos de perto, como é o caso de Edson Cariús e Janeudo, destaque do elenco atual do Ferroviário, e Jardel, ex-jogador que iniciou a carreira no Coral e teve passagens brilhantes pelo futebol nacional e internacional. Com cada um deles, o torcedor viveu uma emoção diferente.

"Um exemplo de humildade que nunca tinha visto na minha vida é o Edson Cariús. Ele em cima do caminhão, na carreata, me viu embaixo e disse que queria falar comigo. Veio até mim, disse que soube da minha história. Me deu um grande abraço e e uma blusa do Ferroviário autografada", contou.

Do meio-campista Janeudo, o torcedor recebeu uma ligação inusitada. O ex-atacante Jardel também chegou a entrar em contato com Júlio e lhe ajudou.

Repercussão
A história de Júlio repercutiu entre jogadores e torcedores do Ferroviário. Na carreata de comemoração ao título. Júlio era tão badalado quanto os atletas campeões.

"Nunca me senti uma pessoa tão importante. Perdi as contas de quantas crianças, idosos, que vieram até mim para pedir uma foto. Homens com suas esposas e namoradas pediam para que eu tirasse uma foto ao lado delas. Pessoas que viram minha atitude pelo Ferroviário", comentou.

TAGS