Juninho Quixadá prestigia Ferroviário no Castelão: "Estava torcendo igual a um torcedor fanático"Ceará Sporting Club | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Juninho Quixadá prestigia Ferroviário no Castelão: "Estava torcendo igual a um torcedor fanático"

Antes de estrear pelo Ceará com vitória na última rodada da Série A, Juninho se destacou pelo Ferroviário na campanha do clube na Série D

17:12 | 31/07/2018
NULL
NULL

[FOTO1] 

Ex-Ferroviário, o atacante Juninho Quixadá, atualmente no Ceará, prestigiou a vitória do Tubarão da Barra diante do Treze, no jogo da ida pela final da Série D. No Castelão, o atleta viveu momentos de torcedor fanático, vibrando com a atuação de seus ex-companheiros de clube.

"Fiquei muito feliz. Estava torcendo lá de cima igual a um torcedor fanático. Eu sei o que todo mundo passou para estar aqui. Eles merecem muito esse título", afirmou Juninho em entrevista exclusiva ao Esportes O POVO.

Antes de estrear pelo Ceará com vitória na última rodada da Série A, Juninho se destacou pelo Ferroviário na campanha do clube na Série D. No Coral, o atacante fez nove partidas, sendo decisivo na fase do mata-mata com três gols contra o Altos, o Campinense e o São José.

"Acho que a gente tem que vir ajudar, devolver essa confiança. Tem que fazer de tudo para os caras conseguirem esse título. É importantíssimo. Hoje, graças a Deus, estou no Ceará, mas todos eles fazem parte disso. Não poderia deixar de vir aqui para dar uma forçar e rever os amigos. Se Deus quiser, o Ferrão vai ser campeão", comentou Quixadá.

"É um campeonato que é como se eu ainda estivesse participando. Saí agora, mas estou torcendo muito. Até para eu ser campeão também (risos)", disse ele.
[VIDEO1]
Estreia no Ceará
A primeira partida de Juninho com a camisa do Ceará foi coroada com vitória e uma ótima atuação diante do torcedor alvinegro, no Presidente Vargas. Quixadá deu a assistência para o gol de Leandro Carvalho e colocou uma bola na trave. A estreia dele animou a torcida, que andava desconfiada do setor ofensivo do Vovô.

"Tenho que agradecer muito a Deus por ter me abençoado. Não foi fácil. O Ceará está num momento difícil que, às vezes, tenta fazer a coisa certa, mas não acontece. Pude fazer um ótimo trabalho e ajudar o time a sair de campo vencedor, que era o mais importante", finalizou.

 

VEJA MAIS: CEARÁ - A NOVA CARA DO ATAQUE ALVINEGRO | NA PRANCHETA #27

[VIDEO2] 

TAGS