PUBLICIDADE
Futebol Cearense
POR INDISCIPLINA

Goleiro Bruno Colaço abandona concentração do Ferroviário e terá contrato rescindido

O arqueiro cometeu ato de indisciplina ao abandonar a concentração coral antes do jogo contra o Uniclinic.

22:01 | 12/03/2018
Goleiro Bruno Colaço foi titular em quase todos os jogos do Ferroviário no ano. Foto: Mateus Dantas.
O goleiro Bruno Colaço terá seu contrato rescindido com o Ferroviário. Isso porque o arqueiro cometeu ato de indisciplina ao abandonar a concentração coral antes da partida contra o Uniclinicrealizada na noite desta segunda-feira, 12, que terminou empatada em 0 a 0.

O repórter Miguel Júnior, da Rádio O POVO/CBN, apurou que comissão técnica e diretoria coral ficaram extremamente insatisfeitos com a atitude de Bruno, e garantiram que o atleta será punido com rescisão contratual.

Colaço sequer foi ao estádio Domingão, local da partida, com o restante da delegação do Tubarão da Barra. O motivo é que ele soube que seria reserva da partida, enquanto Léo seria o titular. A condição gerou insatisfação do camisa 1.

Depois do empate com o Uniclinic, o Ferroviário volta a campo na quinta-feira, 15, para enfrentar o Vila Nova, pela 3ª fase da Copa do Brasil, em Goiânia. Como o jogo de ida foi 1 a 1, no PV, quem vencer passa de fase. Em caso de novo empate, a vaga será decidida nos pênaltis.

Comentários