PUBLICIDADE
Esportes

Ferroviário solicita adiamento de jogos para evitar maratona de três partidas em cinco dias

18:43 | 26/02/2018
NULL
NULL
[FOTO1] O Ferroviário bateu o pé. O clube não aceita entrar em campo três vezes no intervalo de cinco dias, com direito a duas partidas seguidas no intervalo de menos de 48 horas. Buscando uma solução para evitar o desgaste do elenco, o presidente coral, Valmir Araújo, foi até a sede da Federação Cearense de Futebol (FCF) solicitar adiamentos de pelo menos um dos jogos que o time fará pelo Estadual.

Após encarar o Vila Nova, na quarta-feira, no jogo da ida da 3ª fase da Copa do Brasil, o Tubarão da Barra tem dois jogos em série pelo Cearense: sexta-feira (2), as 20h, contra o Floresta, no PV, e no domingo (4), contra o Iguatu, as 17h, no estádio Morenão, na cidade de Iguatu, a quase 365 km da capital cearense.

"Seria plenamente impossível jogar aqui na quarta-feira, pela Copa do Brasil, e depois na sexta-feira, e em seguida jogar domingo contra o Iguatu. Isso no intervalo de 48 horas. Isso é totalmente inviável. O pessoal (da Federação) tá procurando uma solução e nós vamos esperar", afirmou Valmir, em entrevista à Rádio O POVO/CBN.

O dirigente confia em um retorno positivo da Federação para o adiamento dos jogos. Mas, caso isso não ocorra, ele garante que o clube acionará a Justiça para fazer valer o tempo mínimo de descanso entre os jogos. "Se isso que solicitamos não acontecer, vamos buscar os nossos direitos, para além da esfera administrativa, porque a lei que diz que não podemos jogar no intervalo de 48 horas", disparou o presidente coral.

Em contato com o Esportes O POVO, a Federação Cearense de Futebol confirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que o pedido do Ferroviário foi formalizado e já está em análise pela diretoria de competições da FCF.
TAGS