Participamos do

Ceará empata com o Atlético-GO por 1 a 1 e segue entre os 10 primeiros colocados da Série A

Vovô e Dragão se enfrentaram na noite deste sábado, 20, pela 34ª rodada da Série A. O gol Alvinegro foi marcado por Vina, artilheiro isolado da equipe no campeonato, enquanto João Paulo igualou o placar para o Rubro-Negro
22:58 | Nov. 20, 2021
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Ceará e Atlético-GO empataram por 1 a 1 na noite deste sábado, 20, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO), pela 34ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O Vovô saiu na frente do placar com gol do meio-campista Vina, aos 3 minutos do segundo tempo, mas João Paulo igualou o marcador aos 10 minutos.

Com o resultado, o Ceará sobe para a oitava colocação, com 46 pontos, mas de forma momentânea, já que Fluminense-RJ e América-MG, ambos com 45 pontos, se enfrentam neste domingo e podem ultrapassar o Alvinegro na tabela de classificação.

Na próxima rodada do torneio, o Ceará encara o Corinthians-SP, na quinta-feira, 25, às 20 horas, na Arena Castelão, com o apoio da torcida alvinegra. O Atlético-GO segue em Goiânia para enfrentar o Bahia, no estádio Antônio Accioly, em confronto direto contra a zona de rebaixamento. Ambos embates são válidos pela 35ª rodada.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogo

O Ceará chegou para o confronto embalado. Nos últimos cinco jogos no campeonato, o Vovô venceu quatro e perdeu um. O Atlético-GO, por outro lado, entrou em campo com um incômodo jejum de vitórias e gols — nos cinco embates anteriores, dois empates, três derrotas e nenhum tento marcado. Apesar dos momentos distintos das equipes no certame, o equilíbrio prevaleceu durante os 45 minutos iniciais.

O primeiro tempo foi de poucas emoções. Ambos times estavam bem postados defensivamente e se anularam. Sem criatividade nas construções das jogadas no último terço do campo, o Alvinegro praticamente não incomodou o gol defendido por Fernando Miguel. O único chute do escrete preto-e-branco aconteceu aos 38 minutos, em uma tentativa de fora da área do meio-campista Vina. A batida, no entanto, saiu fraca e facilitou a defesa do goleiro do Dragão.

O Rubro-Negro também não conseguiu ser efetivo nas finalizações. Richard, assim como Fernando Miguel, praticamente não trabalhou na primeira etapa, com exceção de algumas intervenções de baixa dificuldade, principalmente em lances de bolas aéreas.

A volta do intervalo foi completamente diferente. Logo aos 3 minutos, Vina, artilheiro isolado da equipe no Brasileirão, marcou um belo gol em cobrança de falta, colocando o Vovô em vantagem no marcador. A vantagem, porém, durou cerca de sete minutos. Aos 10, João Paulo aproveitou sobra após jogada pela esquerda do Atlético-GO, a defesa do Vovô não conseguiu cortar e o meia-atacante chutou para o gol, sem chances de defesa para Richard.

Jogando em casa e com a necessidade da vitória para se afastar da zona de rebaixamento, o gol de empate animou o Dragão, que passou a ser mais impositivo no campo de ataque. Aos 20 minutos o volante rubro-negro Marlon Freitas, livre dentro da área, quase marcou após três tentativas de chutes, todas sem sucesso.

Retraído, o Vovô assumiu uma postura mais defensiva, tentando explorar os contra-ataques. Para isso, Tiago Nunes colocou o lateral-direito Igor, o atacante Yony González e o meia Jorginho, com o intuito de aumentar a velocidade nas transições e qualificar os passes.

A estratégia não foi executada com eficiência. As melhores chances foram do Dragão, que pressionou em busca da virada, mas não conseguiu ser competente nas conclusões das jogadas. Ao Vovô, o empate fora de casa, diante do rumo que a partida tomou, não foi um resultado ruim e mantém o escrete preto-e-branco entre os 10 primeiros colocados do campeonato.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags