Participamos do

No retorno da torcida, Ceará fica no 0 a 0 contra o Internacional pela Série A

O Vovô foi superior durante boa parte do confronto, mas pecou nas conclusões das jogadas e não conseguiu mudar o placar, que permaneceu inalterado durante os 90 minutos
21:02 | Out. 06, 2021
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

No retorno da torcida alvinegra ao estádio, o Ceará empatou com o Internacional em 0 a 0, na noite desta quarta-feira, 6, pela 24ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Com o apoio do público, o Vovô foi superior ao Colorado, mas não conseguiu ser eficiente nas conclusões das jogadas.

Com o resultado, o Alvinegro permanece na 12ª colocação, com 29 pontos, mas de forma provisória, já que o América-MG (14º) com 27 pontos e o São Paulo (13º) com 28 pontos, ainda jogam na rodada e podem ultrapassar o Vovô na tabela. A equipe comandada pelo treinador Tiago Nunes tem dois jogos a menos a cumprir, contra o Palmeiras e o Bahia, remarcados para outubro.

Na próxima rodada, o Ceará visita o líder Atlético-MG no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), sábado, 9, às 16h30min, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Internacional recebe o lanterna Chapecoense, no Beira Rio, em Porto Alegre (RS), no domingo, 10, às 11 horas.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogo

Os primeiros 10 minutos foram de muita intensidade por parte de ambas as equipes, mas com poucas chances reais de gol. Ceará e Internacional entraram em campo buscando ter a posse de bola, com muita disputa no setor do meio-campo.

A primeira grande oportunidade foi do Colorado. Aos 13 minutos, Rodrigo Lindoso lançou para Patrick, que dominou e ajeitou para Yuri Alberto. O atacante chutou forte, mas o goleiro João Ricardo fez boa defesa e evitou o gol.

Sete minutos depois veio a resposta do Vovô em dois lances seguidos. A primeira aconteceu após ótima troca de passes entre Airton, Marlon e Vina. No lance, Airton lançou para Marlon, que ajeitou de cabeça para Vina, livre na marca do pênalti. O meio-campista, porém, finalizou com pouca força, facilitando a defesa do goleiro colorado, que mandou a bola para a linha de fundo.

No escanteio, Vina cobrou com perfeição na cabeça do atacante Cléber, que testou com força. A bola passou rente à trave esquerda, levando perigo e arrancando o tradicional "uh" dos torcedores presentes.

As duas chances animaram a torcida e também o time comandado por Tiago Nunes. O Vovô passou a dominar a partida e pressionar o Internacional, que começou a cometer muitas faltas em sequência para interromper as subidas do Alvinegro ao ataque.

O Colorado enfrentava muita dificuldade para se aproximar da meta defendida por João Ricardo. O Ceará conseguiu neutralizar o Inter e dificultava as construções ofensivas do adversário. O primeiro tempo terminou com o Vovô sendo superior, mas sem alteração no placar, empatado em 0 a 0.

O Alvinegro voltou para a etapa final com o mesmo ritmo do primeiro tempo, com intensidade e buscando abrir o marcador da partida. Aos sete minutos, Airton desarmou Rodrigo Lindoso e tocou para Vina. O meio-campista conduziu até a entrada da área e tocou para o atacante Cléber, que dominou e finalizou com força. A bola carimbou o travessão.

O Vovô seguia tentando abrir o placar, mas pecava nas conclusões das jogadas. O gramado da Arena Castelão, em péssimo estado, também não ajudou e foi um fator prejudicial para os dois times.

Aos 30 minutos, o Ceará intensificou a pressão em cima do Colorado. Explorando os cruzamentos, o Vovô quase abriu o placar com Cléber. De cabeça, o atacante colocou a bola próximo ao ângulo, mas o arqueiro do Inter fez grande defesa.

Os últimos minutos foram de pressão total do Alvinegro. Vina teve duas oportunidades, mas desperdiçou. O Vovô pecou pela falta de pontaria e, diante dos seus torcedores, não conseguiu vencer a partida. Apesar de superior, o Ceará empatou com o Internacional e desperdiçou a chance de subir na tabela.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags