PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Técnico do Ceará rechaça favoritismo na decisão por acesso no Brasileirão Feminino

Na partida de ida, no estádio Abadião, em Ceilândia-DF, as equipes ficaram no empate sem gols. Jogo da volta acontece neste domingo, 18, na Cidade Vozão

Lucas Mota
15:14 | 15/07/2021
Jorge Victor, técnico do time feminino do Ceará (Foto: Israel Simonton / Ceará SC)
Jorge Victor, técnico do time feminino do Ceará (Foto: Israel Simonton / Ceará SC)

Noventa minutos separam o Ceará do feito inédito e histórico do acesso para a elite do futebol feminino. A equipe alvinegra entra em campo neste domingo, 18, na Cidade Vozão, em Itaitinga, para enfrentar o Cresspom-DF na partida de volta das quartas de final da Série A2. Técnico do time feminino do Porangabuçu, Jorge Victor rechaça a condição de favorito na decisão.

Na partida de ida, no estádio Abadião, em Ceilândia-DF, as equipes ficaram no empate sem gols. Desta forma, o vencedor do duelo no jogo da volta, seja por qualquer placar, está classificado para a semifinal, garantindo o acesso. Nova igualdade forçará a disputa de pênaltis.

"Não existe essa questão de favoritismo. Jogo começa 0 a 0. Aquilo que vamos fazer dentro de campo é que vai dizer do nosso sucesso ou insucesso. Favoritismo não dá vantagem a ninguém a ter um a mais no placar. Não existe na nossa equipe ou em outra situação. É uma conversa que não me traz nada", comentou Jorge. "Se tiver situação de pênalti, estamos preparados. Nós treinamos desde que cheguei aqui", completou.

O treinador das alvinegras explicou ainda qual tem sido o foco dos treinamentos durante a semana antes da decisão. "Nós precisamos jogar o mesmo jogo que jogamos durante todo o campeonato. É ter maior tranquilidade para iniciar as jogadas desde nossa goleira, para mover desde as zagueiras até chegar a situações favoráveis para nossas atacantes. Essa foi nossa grande dificuldade. Estamos focados nessa semana em melhorar esse ponto", afirmou.

Jorge ressaltou a qualidade da equipe adversária e alertou sobre os cuidados para o posicionamento da defesa nas jogadas em velocidade do Cresspom.

"Vejo como principal ponto positivo que chama a atenção é o ataque rápido do time, que poucas vezes constrói com passes curtos. Usa muita bola longa seja para buscar as costas da defesa, seja para disputar a primeira bola no alto e ter a segunda bola curta. Temos treinado isso para proteger as costas da defesa", disse.

Esta é a terceira vez consecutiva que o Vovô disputa o acesso no futebol feminino. Em 2019 e 2020, o time alvinegro foi derrotado por Cruzeiro e Botafogo-RJ, respectivamente.