PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Sem Messias e Luiz Otávio atuando juntos, Ceará cai de desempenho e sofre mais gols

A equipe de Porangabuçu sentiu nos resultados a falta que faz a dupla titular da defesa

10:35 | 08/06/2021
A dupla de zaga do Ceará, Messias e Luiz Otávio, sofreram três gols em 12 jogos atuando juntos  (Foto: Stephan Eilert/Cearasc)
A dupla de zaga do Ceará, Messias e Luiz Otávio, sofreram três gols em 12 jogos atuando juntos (Foto: Stephan Eilert/Cearasc)

O Ceará tem sentido a ausência da sua dupla de zaga jogando junta. Sem contar com Luiz Otávio e Messias atuando na mesma partida desde a final do Cearense, o Vovô somou quatro jogos com duas derrotas, um empate e uma vitória. Neste período, a equipe alvinegra tomou mais gols (7) do que em toda a temporada em que os zagueiros estiveram em campo (3).

O Ceará já teve oito duplas de zaga diferentes atuando na campanha de 2021, fora a titular. Com os duetos alternativas, o Vovô acumulou 18 jogos, sete vitórias, sete empates, quatro derrotas e 18 gols sofridos. Sem os dois titulares, o time de Porangabuçu tem um aproveitamento de 51,8% e uma média de um tento por partida.

Com Luiz Otávio e Messias atuando juntos na defesa do Vovô os números melhoram consideravelmente. Em 12 jogos como os titulares do Alvinegro, a dupla teve oito vitórias, dois empates e uma derrota. Com apenas três gols sofridos neste período, a zaga principal do Ceará tem um aproveitamento de 66,6%, uma média de 0,25 tentos por partida e 10 jogos em que o time sequer foi vazado.

Vale ressaltar que Luiz Otávio e Messias foram os titulares na maioria dos jogos mais difíceis do Ceará na temporada. Juntos só atuaram no Cearense na final contra o Fortaleza, não sendo vazados, apesar de não terem conquistado o título. No Nordestão só sofreram gols na final contra o Bahia e na Sul-Americana, um tento na vitória por 3 a 1 contra o Wilstermann.

Sem poder contar com Messias que já atuou pelo América-MG na Copa do Brasil e Luiz Otávio sendo dúvida, o Ceará prepara mais uma dupla alternativa para enfrentar o Fortaleza no jogo da ida, pela terceira fase da competição nacional. O Clássico-Rei acontecerá nesta quinta, 10, às 21h30min, no Castelão. O primeiro embate entre os rivais terminou 1 a 1.