Participamos do

Ceará empata sem gols com Arsenal-ARG no Castelão pela Sul-Americana

Apesar de não ter feito uma de suas melhores partidas, o Vovô teve pelo menos quatro boas chances de marcar, mas também viu Richard evitar um gol aos 45 do segundo tempo
21:10 | Mai. 12, 2021
Autor Brenno Rebouças
Foto do autor
Brenno Rebouças Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Ceará e Arsenal de Sarandí-ARG empataram novamente sem gols, dessa vez no Castelão, na noite desta quarta-feira, 12. O Alvinegro teve pelo menos quatro boas chances de marcar, mas quando não parou no goleiro Medina, viu a bola explodir no travessão.

O time argentino também teve duas boas chances, ambas em cabeçada de Albertengo. Na primeira, que ele dividiu com Richard, mandou para fora e na segunda o goleiro do Ceará salvou o que seria um gol aos 45 minutos do segundo tempo.

O Alvinegro não fez uma de suas melhores partidas. Errou muitos passes e conclusões e viu o Arsenal ter mais posse de bola na primeira etapa. O resultado, no entanto, deixa o Ceará vivo na luta por classificação para a próxima fase do torneio.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Foi o terceiro empate consecutivo e sem gols do Vovô na Copa Sul-Americana. O próximo adversário será o Bolívar-BOL, novamente no Castelão, na próxima quinta-feira, 20.

O JOGO

O jogo foi de muito perde e ganha, especialmente quando as duas equipes alcançavam a intermediária. Ceará e Arsenal não se destacaram pela ofensividade, pelo contrário, mostraram certa dificuldade para criar jogadas e nas conclusões, especialmente na grande área. Os chutes de fora da área foram a principal arma do primeiro tempo, mas os goleiros não sofreram para fazer boas defesas.

A chance clara de gol da primeira etapa surgiu aos 35 minutos, quando Vina puxou o ataque e rolou para Mendoza, que subia pela esquerda, invadir a área e ficar cara a cara com Medina. O colombiano chutou forte, mas em cima do arqueiro adversário. Pouco tempo depois, o próprio Vina fez boa jogada na grande área, mas teve finalização travada.

No segundo tempo, o Alvinegro ganhou terreno e ficou mais com a bola no pé e logo aos três minutos, Lima arriscou da entrada da área e carimbou o travessão. Parecia que a segunda etapa seria de mais possibilidades de gol, mas depois disso, uma outra boa chance só apareceu aos 32, quando Castro cruzou e Albertengo subiu para disputar bola aérea com Richard. A finalização foi para fora.

Das peças de ataque do Ceará, Vina e Lima foram as melhores, mas não conseguiram resolver. O primeiro se destacou mais pelos passes e o segundo pelas finalizações. Aos 36 minutos, o atacante invadiu a área pela esquerda e chutou, mas novamente Medina evitou o tento. Lima ainda tentou cavar uma penalidade pouco depois, pela direita, mas o árbitro não caiu na dele.

Gabriel Dias, que também não brilhou, teve uma oportunidade aos 39. Numa bola que Jorginho disputou de cabeça, o lateral-direito pegou a sobra e entrou na área pela direita, finalizando em diagonal, para mais uma intervenção do goleiro do Arsenal.

Mas a última chance foi dos argentinos. Aos 45, após uma bola levantada da esquerda, na área do Ceará, Luiz Otávio subiu, mas não cortou e Albertengo, sem sair do chão, testou para a meta. A bola iria no canto esquerdo inferior, mas Richard fez grande defesa.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags