PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Final da Copa do Nordeste terá o duelo da melhor defesa, do Ceará, com o melhor ataque, do Bahia

O Vovô sofreu apenas três gols na competição inteira, enquanto a equipe baiana balançou as redes em 20 oportunidades

Gabriel Lopes
16:58 | 30/04/2021
O Ceará não sofreu gols na Copa do Nordeste 2021 desde que o zagueiro Messias estreou, na sexta rodada da primeira fase (Foto: Stephan Eilert/CearaSC)
O Ceará não sofreu gols na Copa do Nordeste 2021 desde que o zagueiro Messias estreou, na sexta rodada da primeira fase (Foto: Stephan Eilert/CearaSC)

Neste sábado, 1º, acontece o jogo de ida da final da Copa do Nordeste 2021 entre Bahia e Ceará, no estádio de Pituaçu, em Salvador, às 16 horas. A decisão do Nordestão colocará frente a frente competências conflitantes. O Vovô, time de melhor defesa desta competição, terá pela frente o ataque mais positivo do torneio.

O Alvinegro de Porangabuçu teve as suas redes balançadas em apenas três oportunidades, todas elas ainda na primeira fase. Desde que Messias e Luiz Otávio começaram a formar a dupla de zaga do Ceará, na sexta rodada da primeira fase, contra o CSA-AL, o Vovô não foi mais vazado na Copa do Nordeste. Foram cinco jogos desde então, dois deles eliminatórios, e nenhum tento foi sofrido.

Porém, o desafio do sistema defensivo alvinegro será grande nos dois confrontos finais do certame, pois terá pela frente o melhor ataque do torneio, o do Bahia. O Esquadrão balançou as redes 20 vezes no Nordestão e tem o atacante Gilberto como principal destaque. Ele soma sete gols e é o artilheiro da atual edição da competição regional.

Apesar disso, ter um ataque eficaz não é exclusividade do Bahia no confronto, já que o Ceará é o segundo time que mais balançou as redes no torneio, 19 vezes, e tem Saulo Mineiro como artilheiro, com quatro gols. A defesa do time baiano, entretanto, não é tão sólida quanto a cearense, pois foi vazada em nove oportunidades na Copa do Nordeste. Contudo, o sistema defensivo do Esquadrão não sofreu tentos nos dois jogos eliminatórios, diante de CRB-AL e Fortaleza.