PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
Noticia

Após saída de Sérgio Alves, Ceará contrata técnico Jorge Victor para time feminino

Treinador mineiro de 27 anos substitui ídolo alvinegro no comando da equipe feminina e projeta luta por acesso à Série A1 do Brasileiro

19:07 | 25/03/2021
Com passagem pelo Cruzeiro, técnico Jorge Victor assume o comando do time feminino do Ceará (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Com passagem pelo Cruzeiro, técnico Jorge Victor assume o comando do time feminino do Ceará (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

O futebol feminino do Ceará tem novo treinador. Após a saída do ídolo Sérgio Alves, o Alvinegro anunciou, nesta quinta-feira, 25, a contratação do jovem técnico Jorge Victor, ex-Cruzeiro-MG, para comandar a equipe na sequência da temporada 2021.

O mineiro de 27 anos, formado em Educação Física, já trabalhou nos três principais clubes de Belo Horizonte - Atlético-MG e América-MG, além da Raposa - e participou do acesso do time celeste para a elite do Campeonato Brasileiro Feminino, em 2019.

"Recebi o convite com muita felicidade e estou chegando em um clube com ótima estrutura e muito potencial para fazermos uma grande temporada. Em 2021 vamos em busca do título estadual e do acesso à elite do futebol feminino", projetou Jorge Victor.

Depois do vice-campeonato estadual de 2020, o Vovô inicia a preparação para a Série A2 nacional na próxima semana, já sob novo comando. A preparação física ficará a cargo de Aluisio Camelo, que já trabalhou nas equipes de futsal adulto e feminino sub-18 de Porangabuçu.

Nas últimas duas temporadas, o Ceará chegou à fase decisiva para disputar vaga na Série A1 do Brasileiro, mas acabou eliminado por Cruzeiro-MG e Botafogo-RJ. Desta vez, com a experiência do novo comandante, o objetivo é garantir o presença na elite do país também no futebol feminino.

"Estamos trazendo um treinador jovem, mas com experiência no futebol feminino, na Série A-2, inclusive conquistando acesso, e também na primeira divisão. O perfil e o currículo dele nos agradaram desde o início, já conhecemos a metodologia e é alinhada com aquilo que pensamos de crescimento para a modalidade. Agora é dar as condições para que ele possa fazer o seu trabalho e nos ajudar na temporada", explicou o diretor de futebol Eduardo Arruda.