PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Meia Jorginho é apresentado no Ceará e fala em fazer parceria com Vina

Contratado por empréstimo pelo Vovô até o final do ano, o jogador discutiu metas no clube e conversou sobre a falta de ritmo por estar há quatro meses sem atuar em uma partida oficial

Iara Costa
22:06 | 08/03/2021
Jorginho foi apresentado por meio de coletiva virtual nesta segunda-feira, 8.  (Foto: Marcelo Vidal/ Ceará SC)
Jorginho foi apresentado por meio de coletiva virtual nesta segunda-feira, 8. (Foto: Marcelo Vidal/ Ceará SC)

O meia Jorginho, contratado por empréstimo pelo Ceará junto ao Athletico-PR até o fim de 2021, foi apresentado nesta segunda-feira, 8, em Porangabuçu. Na coletiva de apresentação, o jogador elogiou o parceiro de meio de campo, Vinícius Vina, falou sobre metas e também sobre a falta de ritmo por estar há quatro meses sem atuar em uma partida oficial.

Questionado sobre a disputa por uma vaga no meio de campo do Vovô com Vinícius Vina, o atleta disse acreditar que os dois podem jogar juntos no Vovô. "Vina está em um grande fase, fez um grande ano e tem crescido a cada dia e ajudado o Ceará. Acho que vou trabalhar muito para conquistar meu espaço, respeitando cada jogador. Temos condições de jogarmos juntos sim. Posso jogar pelo lado, mais atrás. o importante é conseguirmos nossos objetivos que é sempre vencer", ressaltou.

O atleta frisou que o principal impasse para que isso ocorra num futuro breve é a falta de ritmo, já que ele passou os último quatro meses sem participar de um jogo oficial pelo Athletico Paranaense. "Estou aprimorando a parte física. Vim do Athletico e estava só treinando. Não tenho ritmo de jogo ainda, pois estava há quatro meses sem jogar uma partida oficial, mas estou trabalhando para estar bem no final de semana", relatou. 

Apesar de ainda estar aprimorando a parte física, Jorginho salientou que tem como meta melhorar na cobrança de faltas para ajudar o clube nesse sentido. "Jogador tem que ter meta e eu não sou diferente. Como um articulador no meio de campo, venho trabalhando forte a parte de bater faltas nos clubes que passei e no Ceará não será diferente. Se houver oportunidade de bater faltas, vou treinar para aprimorar cada vez mais essa habilidade", falou.