Participamos do

Guto Ferreira reclama de sequência de jogos do Ceará após empate contra o Goiás

Técnico do Vovô pontuou que campeonato "está desequilibrado" para o Alvinegro, que participa atualmente de Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Final do Campeonato Cearense
21:17 | Set. 27, 2020
Autor Iara Costa
Foto do autor
Iara Costa Repórter do caderno de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O torcedor do Ceará ficou sem ver o time por alguns meses por conta da pandemia. Contudo, com o retorno do futebol, a equipe ganhou uma grande sequência de partidas para jogar, tendo quase sempre um jogo na quarta-feira e outro durante o final de semana. Com uma grande sequência de jogos, após o empate diante do Goiás, o técnico Guto Ferreira destacou que o forte calendário do Alvinegro pode estar deixando o time em desvantagem.

 "Pelas competições que nós jogamos e eles (os adversários) não jogam, nesse momento, o campeonato para nós está desequilibrado. Temos que equilibrar na disposição, na vontade, para poder tocar três competições como estamos tocando", disse Guto.

O Vovô tem tido uma grande sequência de jogos por participar atualmente da Série A do Campeonato Brasil, da Copa do Brasil e também da final do Campeonato Cearense. De acordo com levantamento do estatístico e comentarista da rádio O POVO CBN, Thiago Minhoca, a última vez que o Alvinegro de Porangabuçu teve uma semana completa para treinos entre dois jogos foi em novembro de 2019.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Nas duas últimas partidas, diante de duas equipes que estavam na lanterna, o Vovô somou somente um ponto. Questionado em relação ao rendimento do time, Guto frisou que, diferente do Ceará, os adversário tiveram tempo de preparação para os jogos. 

"Nós jogamos a 23ª partida praticamente sem descansar. Jogamos contra o Red Bull, que vinha de uma semana, 10 dias treinando, para jogar contra a gente. Jogamos agora contra o Goiás que vinha de 13 dias para treinar com a gente. Quando você tem tempo de treinar e vem na condição que você vem, que vieram essas duas equipes, você tem muito mais energia para jogar esse jogo e você corrige problemas que tinha. Permite ao treinador correção de problemas. Foi isso que enfrentamos", destaca o treinador.

O Ceará volta a campo na próxima quarta-feira, 30, quando disputa o primeiro jogo da final do Campeonato Cearense diante do Fortaleza, às 21h30min, no Castelão. 


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags