PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Mateus Gonçalves marcou 6 dos seus 7 gols pelo Ceará ao entrar no decorrer das partidas

Atacante rápido e com poder de verticalização, Mateus costuma ser mais eficiente quando acionado saindo do banco

Vinícius França
11:41 | 24/08/2020
Mateus Gonçalves foi autor do segundo gol na vitória do Ceará contra o Bahia (Foto: Aurélio Alves/ O POVO)
Mateus Gonçalves foi autor do segundo gol na vitória do Ceará contra o Bahia (Foto: Aurélio Alves/ O POVO)

Dizer que Mateus Gonçalves é mais eficiente quando entra no decorrer do jogo pode soar como achismo. Veloz e agudo, o atacante parece se beneficiar do cansaço físico do time adversário no segundo tempo para encaixar contra-ataques. Mas isso não é mera impressão: segundo levantamento do comentarista da Rádio O POVO CBN, Thiago Minhoca, dos sete gols marcados pelo Ceará, Mateus fez seis não como titular, mas como reserva saindo do banco.

Contratado em 2019, o ponta marcou pela primeira vez contra o Palmeiras, na Série A, numa partida em que começou na escalação inicial. Desde então, todos os outros gols foram no segundo tempo, depois de entrar durante o jogo. Na temporada passada, fez o tento da vitória contra Fluminense e Internacional-RS, em arrancadas em velocidade, e o do empate em 1 a 1 com o Athletico-PR.

Listen to "#101 - O início sem vitórias de Ceará e Fortaleza na Série A" on Spreaker.

Neste ano, Mateus balançou as redes em três oportunidades, todas contra o Bahia e em todas sendo acionado no decorrer do jogo. Outro fator curioso é que os gols do atacante costumam sair nos minutos finais das partidas. Tirando o primeiro, contra o Palmeiras, dois tentos foram na faixa dos 30 minutos do segundo tempo, e os outros quatro depois dos 40 minutos também da segunda etapa.

Quando consegue marcar, Mateus Gonçalves costuma aparecer em momentos decisivos da partida. Dos seus sete gols, dois serviram para abrir o placar e um para empatar a partida. Os outros quatro ampliaram o placar a favor do Ceará. Essa estatística se torna ainda mais importante quando analisada mais a fundo: em todas as vezes que Mateus ampliou, o Vovô só vencia por um gol de diferença, com risco de tomar o empate.

Se o atacante volta a ser titular na quarta-feira, 26, contra o Vitória, em jogo válido pela Copa do Brasil, ainda não se sabe. Mas em um jogo de mata-mata, em que um gol do Ceará pode fazer uma diferença gigantesca para a classificação, Mateus pode ajudar bastante. No jogo de ida, o Alvinegro venceu por 1 a 0. Um empate ou uma vitória simples garante a vaga na quarta fase e mais R$ 2 milhões na conta.