PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Ceará desiste da contratação do goleiro Jean

Goleiro tem contrato atualmente com o São Paulo, que busca aval jurídico para tomar decisão em relação ao atleta

20:07 | 06/01/2020
Goleiro Jean tem contrato até 2022; Tricolor Paulista estuda rompimento de contrato após o jogador ser acusado de agressão
Goleiro Jean tem contrato até 2022; Tricolor Paulista estuda rompimento de contrato após o jogador ser acusado de agressão (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Atualizado às 20h58min

O Ceará desistiu da contratação do goleiro Jean, ex-São Paulo. A decisão foi tomada pela diretoria após a repercussão negativa do nome do jogador junto à torcida alvinegra. O protesto dos torcedores começou nas redes sociais e rapidamente ganhou grandes proporções.

Jean se envolveu recentemente em um episódio de violência doméstica. Ele foi acusado pela esposa de agressão. O goleiro já havia rescindido com o São Paulo e estava livre no mercado. Desde as primeiras informações de interesse do Ceará, a torcida não aceitou o jogador.

O Vovô segue no mercado em busca de mais um goleiro.

Entenda o caso: 

Buscando reforçar seu setor defensivo, o Ceará havia demonstrado interesse na contratação do goleiro Jean, atualmente em contrato com o São Paulo. A informação foi dada inicialmente pelo repórter Alysson Lima, da Rádio Expresso FM e confirmada pelo Esportes O POVO. Outras fontes, mais tarde, garantiram que o goleiro não fazia parte dos planos do Vovô para a temporada de 2020.

O jogador foi revelado pelo Bahia, onde jogou profissionalmente entre 2015 e 2017. Ele chegou em 2018 ao São Paulo, contratado por quase R$ 10 milhões, equivalente a 75% dos seus direitos econômicos, mas nunca se firmou como titular no Tricolor Paulista. Sua passagem pelo clube acumula episódios de indisciplina. Recentemente, o jogador esteve envolvido em polêmica após ser suspeito de agredir a então esposa, Milena Bemfica, durante uma viagem para Orlando.

Por conta dessa acusação, de acordo com apuração do jornalista Fellipe Lucena, do Lance!, o São Paulo decidiu demitir o atleta por justa causa e busca aval jurídico para tomar alguma decisão em relação ao contrato, que vai até o final de 2022.

Caso a equipe tenha que pagar os salários do jogador até 2022 além da multa, o clube não o fará. O Tricolor tem a possibilidade de fazer um acordo com outra equipe para que o goleiro seja liberado em definitivo de forma gratuita, ou fará um empréstimo com salários pagos integralmente pela equipe que decidi contar com o atleta.

A possibilidade de contratação do goleiro Jean não agradou parte da torcida do Ceará, que nos dois últimos dias colocando a hashtag #JeanNão entre os assuntos mais comentados no Twitter no Brasil.