PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Após gol na estreia, Thiago Galhardo diz estar 100% e pode ser titular contra o Grêmio

Meia estreou bem contra o Goiás ao marcar gol de cabeça, logo após entrar em campo no 2º tempo, substituindo Auremir

15:58 | 14/05/2019
Thiago Galhardo pediu desculpas para a torcida que fez uma bonita festa
Thiago Galhardo pediu desculpas para a torcida que fez uma bonita festa (Foto: Reprodução/Youtube)

Um gol marcado em 25 minutos em campo. A estreia de Thiago Galhardo só não foi perfeita porque a equipe acabou sofrendo a derrota para o Goiás no fim da partida. Mas individualmente o jogador deixou impressão positiva e deve ganhar a chance de titular contra o Grêmio, no domingo, 19, no Castelão.

"Contra o Grêmio, vou estar 100%", afirmou o meio-campista do Alvinegro. "Obviamente, gol numa estreia dá tranquilidade para trabalhar. Fizemos um 2º tempo muito bom (contra o Goiás). Viemos de três jogos bons, mas resultados não vieram. Infelizmente jogar bem, mas não ganhar os jogos, não adianta. Precisamos somar pontos", completou.

O camisa 89 aparece como opção para substituir Ricardinho, que não convenceu como titular nos quatro primeiros jogos na Série A. Apesar de pouco tempo em campo, Galhardo mostrou poder de decisão. De duas bolas finalizadas na direção do gol, uma delas passou pelo goleiro Tadeu, do Goiás.

"O Goiás é passado. Temos que pensar no Grêmio diante do nosso torcedor. E que eles nos apoiem bastante para que façamos mais um ótimo jogo e, dessa vez, conseguirmos o que tanto queremos, os três pontos", analisou Galhardo.

Para o atleta do Vovô, o time está próximo do ideal. "Às vezes, joga mal e vence, mascara muita coisa. Quando joga bem e não vence, dá tranquilidade de que o time tem posse de bola, criado oportunidades. Está faltando ali só o detalhe."

Thiago Galhardo chegou em Porangabuçu sob alta expectativa para ser peça importante no setor de criação, na Série A. A contratação do meia ocorreu no momento em que o clube tinha perdido quase todos os atletas da função por lesão, restando apenas Ricardinho como jogador de armação.

A situação deve mudar em breve. Felipe Baxola, Wescley e Juninho Quixadá deixaram o Departamento Médico (DM) para iniciar o período de transição. Apesar disso, ainda não há prazo para a conclusão deste processo. Nenhum deles deve ser relacionado para encarar o Grêmio.

A transição é quando o atleta deixa o DM para intensificar o condicionamento físico e ganhar condições de jogo. Mesmo depois de estarem 100% para a peleja, vão precisar de ritmo. Requer tempo. Portanto, cresce a responsabilidade de Thiago Galhardo de assumir o protagonismo e arrumar o setor, que tem apresentado desempenho instável nesta temporada.

Contrato no início do ano para ser o camisa 10, Felipe Baxola ainda não rendeu o esperado. O atleta sofreu lesão no músculo posterior da coxa direita no Clássico-Rei da final do Campeonato Cearense, após entrar no 2º tempo e deixar a partida com apenas 20 minutos em campo, em 14 de abril. Em 2019, ele atuou em 18 jogos e marcou quatro gols.

Já Wescley voltou a ser atrapalhado por lesão em 2019, assim como ocorreu em 2018. Contratado em definitivo para esta temporada, o meia também lesionou o músculo posterior da coxa direita na partida contra o Náutico, válido pelas quartas de final da Copa do Nordeste, em 6 de abril. Neste ano, o jogador fez nove jogos e não balançou as redes.

Juninho Quixadá é quem ficou mais tempo no DM. O meia-atacante, destaque na campanha na Série A 2018, está fora de combate há mais de seis meses por conta de uma lesão no quadril. Após muito mistério sobre sua condição, o atleta finalmente entra no processo de transição.

VEJA MAIS | OUÇA O NOVO EPISÓDIO DO FUTCAST:

Listen to "#53 - Edson Cariús: "Quem tem personalidade joga em qualquer canto"" on Spreaker.

VEJA MAIS: OS PROBLEMAS DE CEARÁ E FORTALEZA NO BRASILEIRÃO | NA PRANCHETA #55

O Povo