PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Enderson Moreira fala em grande expectativa com o Ceará no Brasileirão

Em entrevista, o técnico deu pistas sobre seu estilo de jogo, onde prevê dominar o CSA, adversário da estreia do Brasileirão

14:24 | 25/04/2019
Enderson Moreira retorna ao comando técnico do Ceará depois de se recuperar de quadro de dengue
Enderson Moreira retorna ao comando técnico do Ceará depois de se recuperar de quadro de dengue (Foto: Júlio Caesar/O POVO)

Três dias depois de ser anunciado como substituto de Lisca, Enderson Moreira foi, enfim, apresentado nesta quinta-feira pelo Ceará. E em sua chegada, o treinador mineiro se mostrou muito motivado em dar sequência ao trabalho realizado no Vovô e fazer um bom Campeonato Brasileiro, mesmo ciente dos desafios e das dificuldades comuns da competição nacional.

Em sua entrevista coletiva, Enderson apresentou sua comissão técnica, que será formada pelo preparador físico Edy Carlos Soares e os auxiliares Luís Fernando Flores e Ailton Serafim. Além disso, pregou confiança em bons resultados após o vice-campeonato Cearense.

“Espero que a gente possa fazer um grande Campeonato Brasileiro. Será um grande desafio, muita emoção nos espera pela frente. É uma honra de estar no Ceará. Chego com uma expectativa enorme, sei muito bem da responsabilidade de dirigir uma equipe com uma torcida de massa como a do Ceará. Eu tenho muita confiança no trabalho que pode ser desenvolvido”, pontuou o novo comandante do Ceará.

Com 47 anos, pelo Goiás, o novo técnico do Ceará foi marcado pelos estaduais de 2012, 2013 e 2016, além do título da Série B de 2012, quando recebeu prêmio de melhor treinador do Campeonato Goiano. À frente do América/MG, Enderson foi campeão da Segundona de 2017. E em entrevista, o técnico deu pistas sobre seu estilo de jogo, onde prevê dominar o adversário.

“Eu preparo a nossa equipe para que ela possa dominar o adversário. Você domina o adversário em cima de troca de passes. Em algumas situações, é claro que você vai pegar o adversário que vai nos trazer maiores dificuldades. Mas eu sempre monto equipes que possam de alguma forma enfrentar esses adversários com uma postura muito positiva, não sendo uma equipe simplesmente reativa. Eu gosto de equipe agressiva, marcando mais alto”, finalizou.

Gazeta Esportiva