PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
MUDANÇAS NO VERDÃO

Palmeiras inscreve ex-Ceará Arthur e zagueiro Juninho no mata-mata do Paulistão

17:20 | 22/03/2019
Arthur estava inscrito apenas na Libertadores
Arthur estava inscrito apenas na Libertadores (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

O Palmeiras confirmou, nesta sexta-feira, as duas mudanças já antecipadas por Luiz Felipe Scolari na relação de 26 jogadores inscritos para a segunda fase do Campeonato Paulista. A novidade, no entanto, ficou por conta das saídas. De acordo com o comunicado da Federação Paulista de Futebol, o centroavante ex-Ceará Arthur e o zagueiro Juninho entraram nas respectivas vagas de Raphael Veiga e Carlos Eduardo.

As duas novas peças, inclusive, já estarão à disposição de Scolari para o primeiro jogo das quartas de final do Campeonato Paulista, contra o Novorizontino, em Novo Horizonte, neste sábado, às 17h (de Brasília). O Palmeiras abre a fase de mata-mata jogando no Jorge Ismael de Biasi e decide na próxima terça-feira, no Pacaembu, às 21h (de Brasília).

Se as entradas já haviam sido confirmadas pelo treinador Alviverde, as saídas acabaram causando certa surpresa. Isso porquê tanto Carlos Eduardo como Raphael Veiga foram decisivos nos últimos jogos do Verdão. Enquanto o atacante “velocista” marcou no Choque-Rei contra o São Paulo, o meio-campista, que retornou nesta temporada depois de empréstimo ao Athletico Paranaense, balançou as redes no triunfo por 1 a 0 sobre a Ponte, que garantiu ao clube a segunda melhor campanha da primeira fase.

Carlos Eduardo, entretanto, se lesionou justamente no triunfo diante da Macaca. Apesar da entorse no tornozelo, o jogador não teve detectada nenhuma lesão mais grave. Mesmo assim, acabou deixando a relação de inscritos. Ao todo, o regulamento permite no máximo quatro mudanças. O Verdão, porém, deve efetuar apenas as duas anunciadas nesta sexta, já que o prazo limite é a madrugada de hoje.

Juninho foi contratado pelo Palmeiras em maio de 2017, depois de uma passagem de destaque pelo Coritiba. Entretanto, o defensor não se firmou no Palestra Itália e foi emprestado no ano passado ao Atlético Mineiro. Em 2019, retornou com o aval de Felipão, que considera o zagueiro canhoto uma opção viável.

Já Arthur Cabral chegou com status na atual temporada. Contratado junto ao Ceará, o centroavante passou por um processo de recuperação decorrente de dores no púbis, o que lhe deixou fora da lista da primeira fase. Durante as 12 primeiras rodadas, o reforço fez seu recondicionamento físico, voltando a ser opção para as fases decisivas da competição Estadual, principalmente pelo mau momento de Borja e pela lesão de Deyverson.

Gazeta Esportiva