PUBLICIDADE
Esportes

Everson vai a Porangabuçu, se reúne com diretoria do Ceará, mas não aparece em campo para treinar

17:05 | 08/01/2019
NULL
NULL
[FOTO1] Depois de ficar fora do treino de reapresentação do time, na  última segunda-feira, alegando dores estomacais, o goleiro Everson reapareceu na sede do clube na tarde desta terça-feira (8). Enquanto os outros goleiros do clube (Fernando Henrique, Diogo Silva e Gleidson, oriundo das categorias de base) participavam de um treino específico no gramado de Porangabuçu, Everson estava, segundo o Esportes O POVO apurou, em uma sala reunido com a diretoria, discutindo seu futuro no clube.

Apesar de ter renovado contrato com o Alvinegro até o fim de 2021, Everson vem sendo assediado pelo mercado. Primeiro, o Grêmio pintou como interessado, após a saída do goleiro Marcelo Grohe. Esta semana, o Santos fez proposta para contar com o arqueiro. Em entrevista ao Esportes O POVO, nesta segunda-feira, Robinson afirmou que a única possibilidade de negociar o atleta é através do pagamento da multa rescisória, avaliada em R$ 6 milhões. "Sem pagar a multa, nem o Real Madrid leva", afirmou Robinson.

Após a reunião, Everson partiu para a academia do clube, onde realizou treino físico. Contudo, o jogador não participou da atividade comandada pelo técnico Lisca no gramado do estádio Carlos de Alencar Pinto. O clube ainda não se pronunciou se o jogador, de fato, segue no clube ou deixa o Alvinegro, onde atua como titular desde 2015, durante a campanha do time na Série B do Campeonato Brasileiro.
TAGS