De criticado a peça decisiva: Juninho analisa relação com torcida e importância de LiscaCeará Sporting Club | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


De criticado a peça decisiva: Juninho analisa relação com torcida e importância de Lisca

O atleta fez uma análise sobre a relação com a torcida e sobre o seu estilo de jogo

17:48 | 23/11/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
O volante Juninho recuperou o bom futebol e parece ter reconquistado o apoio do torcedor, após as recentes apresentações em campo pelo Ceará. Nessa quinta-feira, 22, o jogador foi o protagonista da vitória sobre o Paraná por 1 a 0, no Castelão, marcando o único gol da partida. Logo depois do confronto, o atleta fez uma análise sobre a relação com a torcida e sobre o seu estilo de jogo, assim como os erros pelos quais ele ficou marcado negativamente.

"Acho que a torcida pegou no meu pé por alguns lances que acabam acontecendo na posição em que jogo, no meio de campo. Todo volante, todo meia acaba perdendo a bola. Infelizmente, em dois ou três jogos, a bola que acabei perdendo resultou em gol. É a coisa mais normal que tem. Se for ver a seleção, o Barcelona, todo mundo perde essa bola. O cara que não se esconde do jogo, ele vai acabar errando uma hora ou outra. Impossível jogar no meio de campo e não errar nos 90 minutos de jogo", explicou o camisa 20 do Alvinegro.

%2b Lisca ressalta entrega do Ceará e projeta retornar com pontos da partida contra o Atlético Paranaense

O meio-campista contou que nunca rebateu as críticas do torcedor e procurou intensificar os trabalhos para recuperar o bom futebol. "Respeitei, não bati boca nas redes sociais, nem no dia a dia. Eles me cobravam, eu respeitava. Nunca tive dúvida da minha qualidade. Sabia que trabalhando, eu iria reconquistar o meu espaço, e não foi diferente", afirmou o volante.

Segundo Juninho, a chegada de Lisca tem papel importante na retomada dele no Ceará. "Não foi (bom) só para o Juninho, mas para todo o elenco. Ele (Lisca) buscou motivar o máximo para a gente resgatar o bom futebol. Se é para estar no Ceará é porque tem qualidade, ninguém caiu de paraquedas. Ele conhecia muitos que já estavam aqui. Eu mesmo, ele já tinha tentado contratar duas ou três vezes. Isso facilitou a vila dele e a nossa. E o trabalho dele no dia a dia colocou o Ceará nos trilhos novamente. Estávamos vivendo esse momento muito graças ao professor Lisca também", comentou.

OUÇA O NOVO EPISÓDIO DO FUTCAST, O PODCAST DO O POVO SOBRE O FUTEBOL CEARENSE:
[VIDEO1]


VEJA MAIS: CEARÁ - A MATEMÁTICA PARA A PERMANÊNCIA NA SÉRIE A | NA PRANCHETA #41 
[VIDEO2]
TAGS