PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
CONTRA INTERNACIONAL

Com segundo pior ataque, Ceará tem missão de surpreender defesa mais eficiente da Série A

Apesar da estatística, a evolução com Lisca é nítida: o Alvinegro tem o sétimo melhor ataque do segundo turno

12:06 | 09/11/2018
Arthur (centro) tem crescido na reta final e já tem sete gols. Leandro Carvalho (esq.) é um dos principais criados de chances do Vovô (Foto: Mateus Dantas/O POVO)
O começo ruim do Ceará na Série A de 2018 não reflete no atual momento da equipe com Lisca, mas respinga em estatísticas gerais. Até o fim da última rodada, a 32ª, o Vovô tem ainda o segundo pior ataque - embora seja o sétimo melhor do segundo turno - com 27 gols marcados, empatado com América-MG e à frente apenas do rebaixado Paraná. 

Em média de eficiência, o Alvinegro precisa chutar 13 vezes para marcar um gol. Já o próximo adversário, Internacional, é a melhor defesa no número necessário de arremates para sofrer um tento: são 15, quase um a mais que o segundo melhor. Em números gerais, o Inter é a terceira equipe que menos viu suas redes balançaram - fica atrás de Grêmio e Palmeiras - com 24 gols sofridos. Os dados são do Footstats. 

Contudo, sob o comando técnido de Lisca, o Ceará melhorou todos os setores dentro de campo. A defesa ficou mais sólida e o ataque mais prolífico. Jogando na Arena Castelão, palco do jogo contra o Inter, os comandados do técnico gaúcho têm médias de 14 chutes por jogo. Arrematou mais contra o Botafogo, 19, e menos contra o Atlético-MG, 9, o que reflete nas necessidades da equipe no embate. Contra os cariocas, pressionou para tentar vencer, já frente os mineiros, venceu e mostrou eficiência. O time fez 9 gols no estádio com Lisca. 

O Ceará vem mostrando evolução no ponto de vista ofensivo desde que Lisca assumiu. Tem o sétimo melhor ataque do segundo turno e, aliados à defesa, tem conseguido vencer jogos de maneira coletiva. Para manter esse bom momento tático e estatístico, o Alvinegro enfrenta o Internacional no próximo domingo, 11, às 16h no Castelão. 

GERSON BARBOSA

Recomendadas para você

Comentários