"Temos que ter vergonha na cara e trabalhar", diz Juninho Quixadá após derrota do Ceará Ceará Sporting Club | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


"Temos que ter vergonha na cara e trabalhar", diz Juninho Quixadá após derrota do Ceará

Atacante lamentou a derrota sofrida para o Bahia, no PV.

21:39 | 29/08/2018
NULL
NULL
[FOTO1] O abatimento dos jogadores do Ceará após mais uma derrota no time na Série A era nítido. Na saída de campo após o revés por 2x0 para o Bahia, no estádio Presidente Vargas, os atletas do Alvinegro tiveram que ouvir vaias e protestos da torcida, incoformada com o momento ruim da equipe, que segue na vice-lanterna do Brasileirão.

Em noite de pouca inspiração, o ataque pouco produziu. E o Juninho Quixadá, que recebeu nova oportunidade de titular com Lisca, desabafou ao falar do momento delicada que o Vovô vive na Série A.

"Difícil nessa hora falar, falar, falar. Estamos entrando em uma situação que não é fácil. Tem que ter a cabeça no lugar. Tem que ter vergonha na cara e trabalhar. Só a gente pode sair dessa situação. Não foi o resultado que a gente queria. Desperdiçamos muitas chances hoje. Tive oportunidade e não marquei. Mas só podemos reverter essa situação. Vamos trabalhar para isso", desabafou o jogador.

O Ceará segue com 17 pontos, agora com 21 jogos. O time de Lisca volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Flamengo, em jogo marcado para as 11h, no estádio do Maracanã.
TAGS