PUBLICIDADE
Esportes

Flávio Paiva, Marcos Lessa e Adelson Viana lançam clipe para incentivar o Ceará

11:23 | 24/05/2018
NULL
NULL
[FOTO1] O Ceará conseguiu a classificação para a semifinal da Copa do Nordeste após empate o empate sem gols diante do CRB, na quarta-feira, 23. Ainda assim, a torcida pegou muito no pé do elenco e da diretoria, vaiando demais após o fim do jogo, tanto por causa da má atuação, como pela sequência de oito jogos sem vitória (seis na Série A) que deixa o time atualmente na zona de rebaixamento, com três pontos ganhos em 18 disputados.

Mas há quem nade contra essa corrente de críticas. Com o objetivo de incentivar o Ceará e acreditando numa mudança de rota com a chegada do técnico Jorginho, o jornalista e compositor Flávio Paiva criou a música "Batuque Alvinegro". O mote essencial é representar a efervescência do torcedor do Vovô dentro dos estádios, fazendo alusão ao hino do clube, composto pelo cantor José Jatahy.
 
Para ilustrar a cantiga foram utilizados vídeos da torcida alvinegra em partidas na Arena Castelão. O Esportes O POVO teve acesso ao clipe com exclusividade.
 
Quem dá voz à canção "Batuque Alvinegro" é o cantor cearense e ex-participante do programa The Voice Brasil, Marcos Lessa. A música ganha vida com acordes de sanfona e bateria fankeada, em mistura harmônica do instrumento do forró com o funk, ritmo consagrado nos hinos das torcidas nas arenas de futebol.
 
[FOTO2] De acordo com Flávio Paiva, que teve a ajuda de seus filhos Artur e Lucas na composição da cantiga, todos os participantes da canção são torcedores do Ceará, algo que - para ele - dá ainda mais legitimidade à música.  “Meus filhos e eu, o fotógrafo Marcos Vieira (imagens), o Adelson Viana (sanfona e arranjo), o Denilson Lopes (percussão), o Tarcísio Sardinha (arranjo) e o cantor Marcos Lessa, todos somos torcedores do Ceará”.
 
Sobre as imagens para o clipe, Flávio garante que "ficaram bem representativas da emoção que sacode a torcida alvinegra quando o Vozão está em campo, e do agito das arquibancadas quando o torcedor, no meio da multidão, vivencia a extraordinária sensação de perda do ego”, diz. O resultado desses registros foi a produção do videoclipe Batuque Alvinegro, que contou com grafismos animados e edição da cineasta portuguesa Cláudia Rodrigues.

Confira o clipe:
 [VIDEO1]
 
VEJA MAIS: CEARÁ SE PERDE NOS PRÓPRIOS ERROS | NA PRANCHETA #16
[VIDEO2]
TAGS