PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
''SOLDADO ALVINEGRO''

Em vídeo, Ceará homenageia Dimas Filgueiras, que deixou o clube após 46 anos

Foram mais de 500 jogos como atleta, além de comandar o Alvinegro em 41 oportunidades como treinador

12:05 | 24/04/2018

Dimas Filgueiras (Foto: Arquivo/O POVO)
Uma história de dedicação e fidelidade dentro do Ceará foi encerrada nesta semana. No clube desde 1972, Dimas Filgueiras deixa o clube, após acumular passagens por diversos setores da instituição. Como atleta, foram mais de 500 jogos, além de ser técnico em 41 oportunidades. Nesta segunda-feira, 24, o ''Soldado Alvinegro'', como carinhosamente é chamado, acertou sua saída do clube após um acordo judicial com a diretoria.


O anuncio foi feito pelo próprio presidente do Ceará, Robinson de Castro. ‘’Nós acertamos um acordo judicial homologado onde o Dimas dá uma quitação completa de tudo que o Ceará poderia lhe dever em nível de gratificação trabalhista. Também o certificamos de que os valores serão pagos rigorosamente em dia para dar uma segurança a ele e toda sua família. O Dimas não tem mais a saúde que tinha. É uma pessoa que terá sempre as portas abertas no clube para quando quiser estar’’, finalizou Robinson.

Conhecido como “Soldado Alvinegro” e “o zagueiro que parou Pelé”, Dimas foi o homem que esteve à frente do clube como técnico em momentos de mais precisão. Foi sob os seus comandos que em 1994 o Ceará foi vice-campeão da Copa do Brasil, garantindo vaga na Copa Conmebol do ano seguinte, e em 2010 garantiu classificação na Sul-americana de 2011.

Marcado na história

Dimas Filgueiras Filho, popularmente conhecido como Dimas Filgueiras, é ex-lateral esquerdo e zagueiro de Botafogo, Fortaleza e Ceará. Nascido na cidade do Rio de Janeiro no dia 13 de maio de 1944, Dimas iniciou sua carreira no brilhante e vitorioso Botafogo da década de 60, tendo a oportunidade de atuar ao lado de nomes como Garrincha, Nilton Santos e Zagallo.


Chegou ao futebol em 1971, para jogar no time do Fortaleza Esporte Clube. No ano seguinte, no entanto, acertou sua transferência para o maior rival do tricolor, o Ceará, clube no qual permaneceu como atleta até 1976. Mesmo deixando os gramados, Dimas seguiu trabalhando no Vozão, atuando nas mais diversas funções e tem seu nome cravado na história do clube como “Soldado Alvinegro”.

Homenagem

Em vídeo postado no canal oficial do clube no Youtube, o Ceará Sporting Club homenageou Dimas Filgueiras. O material conta com uma entrevista em que Dimas relembra sua trajetória no clube. Confira:

 


MATHEUS VITOR

Recomendadas para você

Comentários