PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
PRESIDENTE ALVINEGRO

"Saímos pela porta da frente da competição", afirma Robinson de Castro

Apesar do resultado negativo decidido nos pênaltis, o dirigente apoiou e elogiou o empenho do grupo dentro de campo

16:11 | 16/03/2018

Ceará foi eliminado nos pênaltis pelo Atlético-PR (Foto: Julio Caesar/O POVO)
 

O presidente Robinson de Castro demonstrou apoio aos jogadores e a comissão técnica após a eliminação para o Atlético-PR, na Copa do Brasil. Apesar do resultado negativo decidido nos pênaltis, o comandante alvinegro gostou do empenho do grupo dentro de campo.

"Saímos pela porta da frente da competição. O time mostrou que está no time certo. Tivemos o jogo mais difícil de toda a rodada, e foi decidido nos pênaltis, é loteria", afirmou o mandatário do clube do Porangabuçu.

+ "Saímos com a cabeça erguida", diz Pio

Robinson reforçou o apoio a Wescley e Felipe Azevedo, que perderam as duas penalidades do Ceará. "Os jogadores que perderam (as cobranças) tão sentindo muito, mas não podemos colocar o peso neles. Fizemos um baita jogo na ida e na volta", disse ele.

+ Confira a tabela do Campeonato Cearense

O dirigente também elogiou a presença da torcida no Castelão, que esteve ao lado da equipe mesmo com o resultado a favor do clube paranaense. "Parabenizar os torcedores. Foram 14 mil guerreiros que até o final aplaudiram o time e mostrou que vai compreender a luta dos jogadores", comentou.

Com a saída na 3ª fase da Copa do Brasil, o foco do clube fica restrito à Copa do Nordeste e ao Campeonato Cearense. No estadual, Marcelo Chamusca deve voltar a utilizar o time titular, tendo em vista o alívio no calendário com a eliminação para o Furacão.

O único representante do Estado na Copa do Brasil é o Ferroviário. A equipe da Barra do Ceará empatou o jogo da ida e venceu o Vila Nova por 1 a 0 na partida da volta, em Goiânia.

Recomendadas para você

Comentários