PUBLICIDADE
Esportes

Ceará: Chamusca já tinha alertado para as qualidades do Floresta

12:22 | 25/01/2018
NULL
NULL
[FOTO1] O Ceará conheceu sua segunda derrota seguida no Campeonato Cearense na noite dessa quarta-feira, 24, no duelo diante do Floresta. Além do revés no Estadual, o time de Porangabuçu ficou sem a Taça dos Campeões, título que foi parar na Vila Manoel Sátiro após o 3 a 1.
 
O resultado pode ter sido surpresa para muita gente, mas o técnico do Ceará, Marcelo Chamusca, sabia que o Verdão da Vila era uma equipe organizada, com bom sistema defensivo e transição em velocidade. A forma de jogar do adversário foi analisada pelo técnico antes do jogo e de fato aconteceu: o Ceará não conseguiu furar o bloqueio defensivo do Floresta e sofreu nos contra-ataques do adversário.
 
 
Com o título na mão, Raimundinho, comandante do Floresta, elogiou a estratégia e aplicação tática de seus comandados. Segundo ele, a partida contra o Fortaleza, válida pela final da Taça Fares Lopes do ano passado, foi utilizada como parâmetro para o duelo dessa quarta. "Nossa estratégia foi perfeita. Sabíamos que não poderíamos encarar o Ceará de frente. Muita gente não acreditava, mas eu sempre acreditei. Fomos campeões diante dos dois maiores clubes do Estado.", ressaltou Raimundinho.
 
Para Kleber Lavor, diretor de futebol do Floresta, os títulos conquistados pelo time da Vila é fruto do planejamento a longo prazo da diretoria, que visa unir experiência e juventude. "É um trabalho que está sendo feito com planejamento. Mantivemos nossa base e contratamos outros jogadores. Fomos campeões merecidamente", afirmou Lavor.
TAGS