PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
Nova Chance

Romário admite erros e diz que abriu mão de contrato maior para dar volta por cima no Ceará

17:27 | 30/12/2017
Romário, de perfil, com camisa de treino do Ceará do ano de 2011
Revelado pelo Ceará, Romário diz que quer dar volta por cima com a camisa alvinegra. Foto: Ceará/Divulgação
 
Quatro anos após ter sido dispensado pelo clube, o atacante Romário vai voltar a vestir a camisa do Ceará em 2018. Aos 25 anos, após passagens sem brilho por seis equipes diferentes desde que saiu de Porangabuçu, o jogador ganhou uma nova chance da direção Alvinegra e terá apenas um semestre para provar que merece seguir no time que o revelou. Em conversa exclusiva com o Esportes O POVO, o centroavante se diz motivado com a chance, admite erros e fala em dar a volta por cima.

Antes de receber convite do Ceará, seu destino era a Tailândia. Mesmo de pré-contrato assinado (com um clube do qual não disse o nome), ele não teve dúvidas em aceitar a proposta do Vovô. “Optei por um contrato mais curto devido a um sonho. Vou receber três vezes menos e apenas por seis meses”, revelou. O sonho ao qual Romário se refere é dar continuidade ao bom momento que viveu em Porangabuçu no ano de 2012, quando se destacou no Campeonato Cearense e foi titular na Série B do Brasileiro até que uma lesão no púbis o tirou de combate.

“É a continuação do sonho. O Ceará foi o time que me abriu as portas pra jogar profissionalmente e todos sabem do amor que tenho pelo clube e do meu desejo de jogar por ele novamente. As coisas aconteceram muito rápidao para mim aqui e eu não tava preparado”, disse. Em 2012 ele fez 39 partidas pelo Vovô e marcou 12 gols. 

Recuperado

Uma sequência de outras lesões fez com que Romário não tivesse bom desempenho quando foi emprestado ao Treze-PB e ao Luverdense-MT no ano de 2013. Somando as aparições em campo pelas duas equipes foram apenas sete partidas e nenhum tento.

Entretanto, não foi apenas isso que prejudicou o centroavante. Informações de bastidores dão conta de um histórico de indisciplina dele por onde passou. No próprio Ceará, apesar de nenhum dirigente ter admitido publicamente, o comportamento de Romário foi bastante discutido. Sem especificar ao que se referia, o próprio jogador admitiu que não agiu de forma positiva no início da carreira.

“Muitas vezes, eu acabei errando sem saber que  estava errando. Eu não sabia o que eu tava fazendo. Foi muito ruim o que passou. Hoje, eu me sinto mais preparado para voltar. Hoje, eu me sinto um novo homem”, garante.

Ainda jovem para a prática do futebol, Romário acredita que tem todas as condições de reconstruir uma história no Ceará. “Eu desapontei muita gente, desapontei minha família, desapontei a mim mesmo e quero dar a volta por cima. Ainda tenho 25 anos, muita coisa pode acontecer, tô super motivado com esse novo desafio e creio que pode dar muito certo”, disse.

Novo atleta

O torcedor pode esquecer o centroavante que tinha problemas para controlar o peso ou que perdia a cabeça facilmente. Romário garante que hoje encara a vida profissional de outra forma e diz que vai mostrar isso durante a temporada. 

“Estou mais maduro, mais profissional. Hoje levo minha carreira muito a sério e em relação a futebol a gente vai mostrando no dia a dia e com os jogos”, avisa. Ele admite que se incomoda quando citam seu (velho) lado extracampo, mas também consegue tirar algo de positivo disso. “Muita gente cobra o Romário fora de campo e isso me deixa chateado, mas cobram com razão. Só que poucas pessoas me cobram dentro de campo”, demonstrou confiança.

Lesões ou quaisquer outros fatores que o atrapalharam ficaram no passado, segundo o atacante, que prega sem titubear: “Eu garanto que, nos buracos que caí antes, eu não caio mais”

BRENNO REBOUçAS

Recomendadas para você

Comentários