PUBLICIDADE
Esportes

Presidente do Ceará deixa futuro de Magno Alves em aberto; João Marcos pode virar funcionário do clube

11:01 | 12/12/2017
NULL
NULL
[FOTO1] Ídolos alvinegros em fim de contrato, Magno Alves e João Marcos seguem com suas situações indefinidas no Ceará. Em entrevista ao Esportes O POVO, o presidente do clube, Robinson de Castro, afirmou que a situação dos dois atletas ainda não está definida. Nos nos dois casos, apenas no do volante o Alvinegro tem uma proposta para permanência em 2018, mas não como jogador e sim como funcionário da equipe. Sobre o atacante, o dirigente deixou no ar que o seu pouco aproveitamento em campo nas duas últimas temporadas pesar em uma decisão de renovação de contrato.  

"Na realidade nós não conversamos com ele ainda. O João Marcos estamos vendo uma situação em que ele possa vir a fazer uma função nova no clube. Mas nem tivemos essa conversa com ele ainda. O próprio Magno jogou muito pouco esse ano. Ano passado também jogou muito pouco. Então, temos procurar agora ter serenidade. Quando a gente mistura emoção você começa a tirar dos trilhos o planejamento. Não é nada definitivo. Não conversamos, mas também não descartamos. Não é uma situação que seria uma urgência, um imediatismo de nós pensarmos nesse assunto. Nós corremos para manter os jogadores que estavam atuando, de forma permanente, até mesmo porque existiam concorrentes que queriam esses jogadores. Esses oito com quem renovamos poderiam estar sendo cobiçados por outros clubes", explicou.

Prestes a completar 42 anos, Magno Alves foi titular do time no Campeonato Cearense e um dos principais nomes do time no Estadual. Na Série B do Brasileiro, o atleta acabou perdendo a vaga na equipe para Elton e foi reserva em grande parte da campanha do acesso para a elite do Brasileirão. Em 2017, ele atuou em 41 partidas pelo Vovô, marcando 10 gols, sendo 7 no Cearense, 1 na Primeira Liga e dois pelo Campeonato Brasileiro. 

Já João Marcos teve a temporada comprometida por uma lesão grave no joelho sofrida no final de 2016 e fechou o ano com apenas oito partidas disputadas. Por conta da contusão, o atleta, de 36 anos, ficou fora do Estadual e voltou a jogar durante a campanha da Série B. Ainda assim, só atuou em três partidas no torneio, além de ter figurado em outras cinco oportunidades, sempre como titular, na Taça Fares Lopes. Com mais de 300 partidas disputadas, João Marcos está no Ceará desde 2009.  
 
TAGS