PUBLICIDADE
Esportes

Ceará bate o Paysandu em Fortaleza e fica a uma vitória do acesso

O Ceará precisa apenas de mais uma vitória para subir para a Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. Na noite desta terça-feira, o Vozão recebeu o Paysandu na Arena Castelão, pela 36ª rodada da Série B, e venceu por 2 a 0, ficando muito próximo do acesso. Os gols foram anotados por Pio, no começo do [?]

22:45 | 14/11/2017

O Ceará precisa apenas de mais uma vitória para subir para a Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. Na noite desta terça-feira, o Vozão recebeu o Paysandu na Arena Castelão, pela 36ª rodada da Série B, e venceu por 2 a 0, ficando muito próximo do acesso. Os gols foram anotados por Pio, no começo do primeiro tempo, e por Elton, no segundo.

Com o resultado, os cearenses chegaram a 63 pontos, cinco à frente do quinto e do quarto colocado (Londrina e Oeste, respectivamente). Desta forma, precisam apenas de um triunfo no próximo sábado, diante do Criciúma, fora de casa, para garantirem matematicamente a vaga no G4.

Confira a tabela atualizada e as principais notícias da Série B

Já o Paysandu acabou não sendo tão afetado pelo resultado negativo. Sem grandes pretensões na Segundona, seja brigar pelo acesso ou evitar o rebaixamento, o Papão aparece na 12ª colocação, com 45 pontos. Pela próxima rodada, encara o já rebaixado Santa Cruz, em Belém-PA.

O Jogo 

Focado na missão â??acesso à Série Aâ??, o Ceará entrou em campo dominando as ações e imprimindo uma alta intensidade ofensiva. Logo de cara, o time da casa criou algumas oportunidades e não demorou muito para inaugurar o marcador em Fortaleza.

Aos 14 minutos, dois minutos depois de o meia Pedro Ken carimbar a trave, Pio fez questão de colocar a bola para dentro. Em cobrança de falta de muito longe, o lateral direito chamou a responsabilidade, chutando direto, e acertou o ângulo direito do goleiro Emerson (Confira abaixo).

Depois de abrir o placar, porém, os alvinegros acabaram perdendo um pouco da criatividade e da mentalidade ofensiva. Com isso e com uma falta de inspiração no ataque por parte do Paysandu, a partida se encaminhou para o intervalo com o 1 a 0 ainda no marcador.

Na segunda etapa, foi a vez de o Papão se soltar e começar a preocupar as coisas para a torcida mandante. Aproveitando as cobranças de bola parada, os paraenses criaram algumas jogadas perigosas e ficaram muito perto de empatar.

Logo aos três minutos, o artilheiro Bérgson recebeu sozinho dentro da área após cruzamento em cobrança de falta, mas acabou chutando fraco e facilitou as coisas para �verson. Já aos 15, em outro lançamento em batida de falta, Jhonnatan foi quem recebeu dentro da área, mas acabou mandando para fora.

Apesar do início empolgante dos visitantes na segunda etapa, o Ceará conseguiu se recuperar e tratou de definir o resultado do duelo, para a alegria dos mais de 40 mil torcedores alvinegros que compareceram à Arena Castelão. Aos 20 minutos, o centroavante Elton aproveitou bate-rebate dentro da área após escanteio para balançar as redes e ampliar o placar.

No entanto, depois de deixar o dele, Elton acabou se envolvendo em uma confusão com o lateral direito Perema, do Paysandu, com direito a empurra-empurra. Ambos os jogadores receberam cartão vermelho e tiveram que acompanhar o final do confronto do vestiário.

FICHA TÃ?CNICA

CEARÁ X PAYSANDU

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Data: 14 de novembro de 2017, terça-feira

Hora: 21h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa (RJ) e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha (RJ)

Cartões amarelos: Ricardinho, Pedro Ken, �verson (CEA); Bergson, Rodrigo Andrade, Augusto Recife e Ayrton (PAY)

Cartões vermelhos: Elton (CEA); Perema (PAY)

GOLS:

CEARÁ: Pio, aos 14 minutos do primeiro tempo, e Elton

CEARÁ: �verson; Pio, Rafael Pereira, Luiz Otávio e Romário (Rafael Carioca); Richardson, Pedro Ken, Ricardinho e Roberto (Maikon Leite); Lima e Elton

Técnico: Marcelo Chamusca

PAYSANDU: Emerson; Ayrton, Perema, Rafael Dumas e Peri; Jhonnatan, Augusto Recife (Anselmo), Rodrigo Andrade e Fábio Matos (Wellington Junior); Caion (Alan Pirulito) e Bergson

Técnico: Marquinhos Santos

Gazeta Esportiva

TAGS