PUBLICIDADE
Esportes

Zé Ricardo minimiza derrota do Botafogo na estreia: ?Faz parte?

O Botafogo foi o único dos quatro grandes do Rio a estrear com derrota no Carioca de 2019. Jogando em Macaé na noite do último domingo, o Alvinegro perdeu de virada para a Cabofriense, pelo placar de 3 a 1. Para o técnico Zé Ricardo, o resultado adverso faz parte do processo de reconstrução da [?]

20:30 | 21/01/2019

O Botafogo foi o único dos quatro grandes do Rio a estrear com derrota no Carioca de 2019. Jogando em Macaé na noite do último domingo, o Alvinegro perdeu de virada para a Cabofriense, pelo placar de 3 a 1.

Para o técnico Zé Ricardo, o resultado adverso faz parte do processo de reconstrução da equipe, e não é motivo de desespero. Segundo ele, a chegada de novos jogadores e o desentrosamento típico de início de temporada são normais.

?Lógico que não queríamos estrear com derrota, mas, dentro de um processo de reconstrução, entendíamos que seria um adversário bem treinado. Os gols deles saíram em erros que acontecem nesse início de processo,? afirmou o treinador após a partida.

?Faz parte. Os erros nos ensinam. Temos Copa do Brasil, Sul-Americana, temos que estar atentos. Ainda bem que ninguém saiu lesionado. Temos alguns atletas para estrear,? completou.

Além de elogiar o adversário, Zé Ricardo ressaltou ainda o pouco tempo para treinar a equipe antes da estreia.

?Foram 15 dias de trabalho. Sabia que não era o ideal em nenhum aspecto. A Cabofriense tem um jogo de imposição, força física, trabalhou com velocidade e investiu nessa dificuldade que temos em início da temporada,? disse.

Para o próximo compromisso da equipe no Carioca, na quarta-feira, diante do Bangu, no Nilton Santos, o Botafogo pode ter novidades na escalação. De volta ao clube, o atacante Erick pode reestrear se for regularizado.

?Se conseguirmos inscrever o Erik, ele estará disponível. Vamos ver como será a recuperação de quem jogou hoje e a evolução física dos atletas que não vieram,? finalizou Zé Ricardo.

Gazeta Esportiva

TAGS