Botafogo trabalha para suportar pressão diante do Atlético-PRBotafogo de Futebol e Regatas | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Botafogo trabalha para suportar pressão diante do Atlético-PR

De olho na reação no Campeonato Brasileiro, após perder de 1 a 0 para o Bahia em casa, o Botafogo está de olho no confronto do próximo sábado, às 21h(de Brasília), diante do Atlético-PR na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela 31ª rodada da competição. Com 35 pontos o Glorioso quer se afastar da [?]

12:00 | 24/10/2018

De olho na reação no Campeonato Brasileiro, após perder de 1 a 0 para o Bahia em casa, o Botafogo está de olho no confronto do próximo sábado, às 21h(de Brasília), diante do Atlético-PR na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela 31ª rodada da competição. Com 35 pontos o Glorioso quer se afastar da zona de rebaixamento, mas reconhece que o duelo com o Furacão se desenha muito complicado.

O Atlético-PR tem conseguido bons resultados, inclusive algumas goleadas, em casa por pressionar desde cedo o adversário. É isso que os alvinegros vão tentar neutralizar no sábado à noite.

?Sabemos que a pressão de jogar lá é muito grande e por isso mesmo precisamos lidar com isso. O Atlético Paranaense vai procurar pressionar desde o começo e tem conseguido bons resultados jogando diante de sua torcida. Mas o Botafogo precisa somar pontos, pois também necessitamos subir na tabela de classificação para ficarmos em situação um pouco mais confortável. A nossa ideia será propor o jogo?, disse o atacante Rodrigo Pimpão.

O zagueiro Igor Rabello concorda. ?Todos reconhecem que o jogo que vem é muito complicado pois os times que enfrentam o Atlético Paranaense no estádio dele dificilmente conseguem somar pontos. A nossa equipe, porém, está precisando reagir, pois perdemos a última partida em casa e um novo resultado ruim vai nos complicar nesta reta final de Campeonato Brasileiro. O segredo para conseguirmos os nossos objetivos neste jogo é não aceitar a pressão e nem deixar que o adversário consiga nos acuar no campo defensivo, pois uma hora podemos levar o gol. Temos que valorizar a posse de bola e encontrar o melhor momento de vencer ?.

O técnico Zé Ricardo ainda não definiu a escalação que pega o Furacão. O zagueiro argentino Joel Carli e o volante Matheus Fernandes voltam a ficar à disposição após cumprirem suspensão contra o Bahia por acúmulo de cartões amarelos. O meia chileno Leonardo Valencia, recuperando de dores na coxa esquerda, volta a ficar à disposição. Tudo indica que será relacionado. Na mesma situação se encontra o meia Renatinho, com dores na perna esquerda, que ainda depende de avaliação do departamento médico. Nesta quinta-feira os alvinegros vão treinar na parte da manhã. Na sexta a delegação segue para o Paraná.

Gazeta Esportiva

TAGS