PUBLICIDADE
Esportes

Botafogo recebe o pressionado Atlético-PR buscando encostar no G6

O Botafogo recebe o Atlético-PR nesta quarta-feira, às 21h(de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), em duelo válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os dois times tentam terminar com uma pontuação melhor o torneio antes da parada para a disputa da Copa do Mundo. Com 14 pontos e vindo de [?]

20:15 | 12/06/2018

O Botafogo recebe o Atlético-PR nesta quarta-feira, às 21h(de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), em duelo válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os dois times tentam terminar com uma pontuação melhor o torneio antes da parada para a disputa da Copa do Mundo. Com 14 pontos e vindo de empate por 3 a 3 com o Bahia, em Salvador (BA), o Glorioso quer encurtar a distância para o G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores. Já o Furacão, que vem de derrota de 1 a 0 para o São Paulo, em casa, tem nove pontos e pretende deixar a zona de rebaixamento. O time paranaense perdeu os últimos três jogos e um novo revés pode gerar a queda do técnico Fernando Diniz.

Alberto Valentim, treinador do Botafogo, quer ver a equipe com uma atuação equilibrada.

?Temos que mostrar o que exibimos contra o Bahia, quando o time foi organizado nos setores e sempre buscou a vitória. Acabamos punidos por erros de arbitragem e não ganhamos o jogo. Mas repetindo contra o Atlético Paranaense temos condições de conquistar um triunfo?, disse Valentim, que quando foi jogador era ídolo do Atlético-PR. O ex-lateral-direito foi ovacionado pela torcida do Furacão no jogo de despedida.

Os jogadores alvinegros entendem que não podem repetir os erros de outros tropeços em casa, como os empates por 1 a 1 com o Vitória e por 0 a 0 com o Ceará.

?Nós precisamos apresentar um futebol bem melhor do que mostramos naquelas duas ocasiões. Perdemos muitos pontos em casa e precisamos mudar essa realidade. A regularidade positiva como anfitrião é fator determinante para uma boa campanha no Campeonato Brasileiro?, analisou o volante Rodrigo Lindoso.

Em termos de escalação o Botafogo terá apenas uma mudança em relação ao jogo na Bahia. O atacante uruguaio Rodrigo Aguirre, expulso contra os baianos, cumpre suspensão. Luiz Fernando assume a sua vaga.

Pelo lado do Atlético-PR, o técnico Fernando Diniz prefere deixar a pressão de lado e se concentrar apenas no jogo.

?Não podemos pensar no que vai acontecer em caso de um mau resultado. Estamos trabalhando com muito desgaste pela sequência de jogos e pelo elenco estar enxuto. O importante é mantermos o compromisso com a vontade de ganhar e a entrega em campo. Vamos brigar muito para voltarmos do Rio de Janeiro com um triunfo ?, disse Diniz.

O Furacão está indefinido para este duelo. O zagueiro Thiago Heleno e o meia argentino Lucho González, ambos com dores musculares na perna direita, são dúvidas e podem dar vaga, respectivamente a Pavez e Rossetto. No ataque, Guilherme, Nikão e Bergson brigam por uma vaga. O zagueiro Paulo André, enquanto que Zé Ivaldo volta de suspensão.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO-RJ X ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 13 de junho de 2018 (Quarta-feira)

Horário: 21h(de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Luciano Benevides de Sousa (DF)

BOTAFOGO: Jéfferson, Marcinho, Marcelo Benevenuto, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Luiz Fernando e Leonardo Valencia; Rodrigo Pimpão e Kieza

Técnico: Alberto Valentim

ATLÉTICO-PR: Santos, Wanderson, Zé Ivaldo, Pavez (Thiago Heleno); Marcinho, Rossetto (Lucho González), Camacho, Carleto; Raphael Veiga, Guilherme (Nikão ou Bergson) e Pablo.

Técnico: Fernando Diniz

Gazeta Esportiva