Renato Gaúcho rebate críticas sobre utilização de time alternativoBotafogo de Futebol e Regatas | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Renato Gaúcho rebate críticas sobre utilização de time alternativo

Neste domingo, o Grêmio foi a campo contra o Botafogo com um time alternativo a acabou derrotado pelo placar de 2 a 1, em partida realizada no Nilton Santos, no Rio de Janeiro. O jogo ficou marcado pelo belo gol de Gilson, aos 46 minutos do segundo tempo, que garantiu a vitória ao time da [?]

19:00 | 28/04/2018

Neste domingo, o Grêmio foi a campo contra o Botafogo com um time alternativo a acabou derrotado pelo placar de 2 a 1, em partida realizada no Nilton Santos, no Rio de Janeiro. O jogo ficou marcado pelo belo gol de Gilson, aos 46 minutos do segundo tempo, que garantiu a vitória ao time da casa.

Na saída do gramado, Marcelo Oliveira, disse que a derrota não foi justa, e exaltou o belo tento marcado pelo adversário.

?A gente tentou até o fim, estávamos suportando bem e tivemos oportunidade. Não fizemos e eles foram felizes, bola indefensável para o Paulo Victor. O mais justo não seria a derrota?, declarou.

Após a partida, Renato Gaúcho foi muito criticado por ter entrado com um time reserva, e quando questionado sobre isso, o treinador foi enfático na resposta.

?Não adianta as pessoas criticarem. O Grêmio, o São Paulo, o Corinthians, o Palmeiras, todos eles vão jogar com o time reserva. Agora, ou daqui a pouco, ou amanhã?Todos eles vão jogar. Então não adianta ficar criticando os treinadores. Vocês querem o quê? Um time grande que disputa três competições, a cada três dias o mesmo time vai entrar em campo? Só para quem não entende de futebol?O jogador de futebol é um ser humano, ele não é um robô. Ele cansa, ele sente. Então de vez em quando tem que poupar os jogadores. Não adianta você colocar o jogador em campo para ele sentir uma lesão e ficar 30, 40 dias parado?, disse.

Além disso, o técnico rebateu as críticas de que o Grêmio já teria abandonado o Campeonato Brasileiro, a fim de focar apenas em Copa do Brasil e Libertadores.

?O que me aborrece é as pessoas falarem que o Grêmio já deixou o Brasileiro de lado. É só o pessoal ser um pouquinho inteligente?O Grêmio não deixou e nunca vai deixar o Campeonato Brasileiro de lado?Então todos os treinadores brasileiros são burros, porque todos vão jogar com o time reserva. Por que? Porque a cada três dias tem uma competição. Então se todos os treinadores brasileiros são burros, então somos burros. Mas burros com uma inteligência enorme?, completou.

Gazeta Esportiva

TAGS