PUBLICIDADE
Botafogo

São Caetano e Botafogo-SP empatam e encaminham classificação

São Caetano e Botafogo entraram em campo nesta quinta-feira podendo garantir suas respectivas classificações às quartas de final do Campeonato Paulista. O Estádio Anacleto Campanella foi palco de um jogo com muito equilíbrio, algumas chances de perigo e nenhum gol. No entanto, o empate por 0 a 0 encaminha a classificação de ambas as equipes. […]

21:30 | 08/03/2018

São Caetano e Botafogo entraram em campo nesta quinta-feira podendo garantir suas respectivas classificações às quartas de final do Campeonato Paulista. O Estádio Anacleto Campanella foi palco de um jogo com muito equilíbrio, algumas chances de perigo e nenhum gol. No entanto, o empate por 0 a 0 encaminha a classificação de ambas as equipes.

No primeiro tempo, o Azulão, tentando fazer valer o mando de campo, pressionou o tricolor de Ribeirão Preto. A pressão rendeu ao time de pintado duas bolas na trave, mas nenhuma na rede. O Botafogo melhorou na etapa complementar, mas sentiu falta do artilheiro Bruno Moraes, desfalque por dores na coxa, e não conseguiu tirar o zero do placar.

Na última rodada da primeira fase do Paulistão, o São Caetano tenta confirmar a classificação visitando o Bragantino, que também tenta a classificação. Já o Botafogo tenta se classificar contra um visitante difícil, o Corinthians. Todas as partidas da rodada final começam às 17 horas (de Brasília).

O jogo — Podendo garantir a classificação antecipada, o São Caetano tomou a iniciativa e pressionou o Botafogo, que também poderia confirmar a classificação. A primeira chance perigosa do time do ABC Paulista foi no décimo minuto de jogo, quando Diego Rosa cabeceou após escanteio de Alex Reinaldo e obrigou Tiago Cardoso a defender.

Depois do susto, o Botafogo melhorou e tentou responder. No entanto, apesar de se manter no ataque, a equipe sentia falta de Bruno Moraes, artilheiro do campeonato com cinco gols, mesmo número de Borja, do Palmeiras.

Aos 35 minutos, os donos da casa chegaram perto de abrir o placar. Após cobrança de escanteio de Chiquinho, o zagueiro Sandoval cabeceou e acertou o travessão de Tiago Cardoso, que só olhou.

A trave novamente salvou o Botafogo pouco depois, aos 40 minutos. Em cobrança de falta, a bola cruzada por Alex Reinaldo não foi desviada por ninguém e acertou o poste, responsável por manter o empate sem gols até o intervalo.

No segundo tempo, a equipe do interior voltou melhor e balançou as redes aos 11 minutos, mas teve o gol anulado. Após cruzamento de Dodô pela direita, a zaga da casa desviou contra o próprio patrimônio. No entanto, a assistente acusou impedimento do ataque.

O gol anulado acordou o São Caetano, que voltou a pressionar como no primeiro tempo. O time de Pintado incomodou com cruzamentos do lateral-direito Alex Reinaldo, mas a defesa botafoguense se mostrava sólida.

A pressão do Azulão foi interrompida, aos 26 minutos, por mais uma grande chance dos visitantes. Aproveitando falha da defesa, Dodô cruzou rasteiro para Taylor, que parou na boa defesa do goleiro Paes.

Aos 33 minutos, foi a vez de Tiago Cardoso evitar o primeiro gol do jogo. Ferreira recebeu de Stéfano Yuri e arriscou de fora da área, mas viu o goleiro botafoguense fazer uma defesa acrobática.

Nos últimos minutos, o São Caetano tentou atacar pelas laterais, principalmente com Alex Reinaldo pela direita. Já o Botafogo pressionava a saída de bola do Azulão e teve a última chance de gol nos acréscimos. Os visitantes roubaram a bola no campo de ataque, mas a finalização de Walfrido não levou problemas a Paes. Após 90 minutos de futebol, o placar final mostrava empate sem gols.

 

Gazeta Esportiva